Espanha investirá 600.000 Euros na melhora e construção de refúgios de montanha - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Montanhismo

Espanha investirá 600.000 Euros na melhora e construção de refúgios de montanha

A região de Alto Aragão, na Espanha, receberá um investimento de 600.000 Euros no III Plano de Refúgios de Montanha que permitirá continuar melhorando as infra-estruturas para prática esportiva em montanha e as condições de segurança para prática de montanhismo.

Fonte:

A região de Alto Aragão receberá mais de meio milhão de Euros no III Plano de Refúgios de Montanha. É um dos acordos da Comissão de Promoção de Turismo e Meio Ambiente que celebrou em Bielsa, município onde se encontram alguns refúgios de montanha.

Participarão do investimento do plano, o Governo de Aragão, os municípios onde se encontram as montanhas e a Federação Aragonesa de Montanhismo através de um convênio de colaboração a ser celebrado entre os anos de 2008 a 2011. O montante total a ser investido até o final da colaboração chegará na cifra dos 4,1 milhões de Euros.

Os esforços para a criação de uma rede de refúgios de montanha em toda a comunidade Autônoma de Aragão teve partida no ano de 1991. Entre as medidas de atuação do convênio, está a reforma de nove refúgios de montanha mais uma Escola de Montanha. Estas obras consistem na remodelação, equipamento e adaptação de diferentes normativas de segurança, higiêne e gestão de meio ambiente.

Além destas medidas citadas, ainda estará previsto a construção de novos refúgios de montanha. Planeja-se construir um na vertente oriental do Maciço de La Maladeta, outro no Ibón de Llauset.

Os refúgios de montanha em Aragão registraram mais de 50.000 pernoites durante o ano passado. Entretanto estes refúgios não cumprem apenas a função de hospedagem, eles também são bases para a logística de resgates e também servem de estações meteorológicas.

O montanhismo na Espanha é uma atividade muito popular e os espanhóis são destaque no mundo inteiro por suas conquistas nas diversas modalidades que são praticadas em montanha. Este investimento milionário é proporcional à importância que o povo espanhol deposita na prática do montanhismo como uma alternativa econômica sustentável nas regiões montanhosas e também nos beneficios que esta prática traz na qualidade de vida da população, sem esquecer que é uma pratica muito antiga ao ponto do montanhismo ser considerado uma cultura e uma montanha patrimônio não somente natural, como também cultural. O Governo de Aragão dá um exemplo ao mundo.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade