Peruano planejar escalar o Everest ano que vem - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Peruano no topo do mundo

Peruano planejar escalar o Everest ano que vem

O montanhista peruano Richard Hidalgo planeja uma expedição ao Everest para o ano que vem, mas para isso precisa de patrocínio.

Fonte:

Richard Hidalgo é um dos montanhistas mais experientes de seu país. Já escalou três das 14 montanhas mais altas do mundo e é guia certificado pela UIAGM, a União Internacional de Guias de Montanha.

Recém regressado de mais uma montanha no Himalaia, Hidalgo divulga que sua próxima meta é escalar a montanha mais alta do mundo, o Everest.

"Fazer os 14 cumes do Himalaia é meu projeto de vida, eu sempre me proclamo peruano nos acampamentos internacionais se montam nas montanhas do Nepal, desta maneira fomento o turismo de montanha no meu país" Conta Hidalgo, que pratica montanhismo há 20 anos.

A vida de montanhista de Richard Hidalgo se iniciou nos Nevados de Ticlio em seu país, até que em 2006 ele teve seu primeiro êxito no Himalaia, o Shishapanga, a 14° montanha mais alta do mundo.

Patrocínio

Hidalgo reclama em seu país é difícil conseguir patrocínio para realizar projetos no Himalaia. Ele diz que as empresas e o governo deveriam fomentar estas expedições, pois o Peru tem o potencial de ser um "Nepal" sul-americano, pois suas montanhas são lindas, vide o Alpamayo, que é conhecida no mundo todo.

"Um dos propósitos de se fazer montanha é lograr a presença peruana no Himalaia. A idéia é investir mais nesta atividade. Um equatoriano já logrou escalar os 14 cumes, mas no Peru não se dão valor ao montanhismo, apesar de contarmos com mais de 20 cordilheiras e termos o nevado mais bonito do mundo, o Alpamayo".

Richard conta com apoios, como IPD, Innova Pucp, Barrick, Asociación Ancash e também da consagrada marca de equipamentos The North Face. Entretanto uma expedição ao Everest custa muito e apenas apoio não é suficiente.

"Escalar é minha vida, eu me preparo muito, me aclimato em nevados, corro todos os dias, exijo de meu coração, bebo muita água para evitar edemas, não é fácil" Diz Richard Hidalgo, que demorou cinco anos para conseguir juntar todos seus equipamentos de montanha.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade