Fotógrafo desaparecido é encontrado morto no vulcão Etna - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acidente

Fotógrafo desaparecido é encontrado morto no vulcão Etna

O cadáver do fotógrafo alemão Thomas Reichart, desaparecido sábado no vulcão Etna, na ilha italiana da Sicília, foi encontrado hoje a quase 3.000 metros de altitude por um guia de montanha e agentes da Guarda de Finanças (polícia fiscal e de fronteiras), informou a imprensa local.

Fonte:

O corpo foi encontrado sobre uma rocha e, segundo as primeiras hipóteses dos investigadores, o fotógrafo pode ter morrido após deslizar sobre uma placa de gelo e cair contra um muro de lava, a 2.780 metros de altitude, sobre a encosta sudeste do monte.

Reichart, de 32 anos e natural de Stuttgart, era bioquímico de profissão, mas sua paixão pelas viagens e pela fotografia o levara a visitar diversos países para registrar imagens que depois publicava em sua página na internet.

Seu desaparecimento foi avisado por um amigo dele, pesquisador do Instituto de Vulcanologia da Catânia, também na Sicília, que no sábado recebera uma mensagem de celular de Reichart com o texto: "Help. Thomas" ("Ajude-me. Thomas").

Desde então, iniciou-se a busca da qual participaram a Guarda de Finanças, o Corpo Nacional de Socorro Alpino, o corpo florestal da Sicília e vários guias do Etna, que encontraram já sem vida o alemão, que já havia visitado o vulcão em outras ocasiões. (EFE)

Publicidade:


Publicidade

Publicidade