Escaladores se unem e conseguem manter as duas Casa de Pedra abertas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Escaladores se mobilizam

Escaladores se unem e conseguem manter as duas Casa de Pedra abertas

Sócios da Casa de Pedra e escaladores se reunem para decidir pelo não fechamento de nenhuma unidade do ginásio. Tanto Perdizes, quanto Morumbi ficarão abertas. Escalada paulistana comemorada a superação da crise.

Fonte:

Hoje, as 20:00 horas, reuniram-se mais de 30 sócios do ginásio Casa de Pedra em sua unidade ameaçada de fechamento, a do Morumbi, localizada na Zona Sul da capital paulista. Os sócios fizeram várias propostas ao dono do ginásio, Alexandre Silva, o Alê e conseguiram mudar a situação para manter as duas Casas de Pedra de portas abertas.

Os associados conseguiram reunir mais escaladores, amigos e familiares, para que estes pudessem vir a freqüentar o ginásio, que ia fechar porque os gastos eram maiores do que o lucro com as diárias e mensalidades. Foram reunidos 295 nomes de pessoas que podem vir a ser mensalistas. Destes, se 200 continuarem, a Casa de Pedra conseguirá se manter.

O dono do estabelecimento ficou emocionado com a mobilização dos escaladores. Ele não imaginava que a Casa de Pedra pudesse ser o segundo lar de tanta gente e até chorou!

O ginásio passará por uma reformulação e gastos terão que ser contidos. A começar, todos os bolsistas, que são atletas que não pagam para treinar, serão cortados. Em seguida, o quadro de funcionários será enxugado. Alê diz que vai seguir o modelo europeu de ginásio, onde há apenas o recepcionista e um estrutor. Cordas, grigri e equipamentos terão que ser locados.

A mensalidade do ginásio sofrerá um reajuste. O valor, a ser divulgado mais tarde, será razoável considerando-se a região onde se encontra em São Paulo, onde os custos de manutenção de um empreendimento deste porte são muito elevados. O que muda também são o horários de funcionamento da unidade, que será das 17 horas às 23, de segunda à quinta. Perdizes abrirá um pouco mais cedo, às 16, mas ficará aberta às sextas, enquanto que no Morumbi este dia ficará reservado à eventos. No fim de semana só Perdizes ficará aberta, das 14 às 20 hs.

A manutenção das duas Casa de Pedra é uma grande vitória da escalada de São Paulo, que perdeu 5 ginásios nos últimos anos e também diversas lojas de montanha e escaladores, que por diversos motivos pararam de freqüentar ginásios e a rocha.

A Casa de Pedra foi muito importante para o treinamento de atletas de alto nível, como Cesar Grosso, André Berezosky, Janine Cardoso e Ana Paula Veloso, que treinam na Unidade do Morumbi. Entretanto, outro papel que a Casa de Pedra desempenha é o de formar novos escaladores. A facilidade e conveniência de ir à um ginásio, principalmente em São Paulo, que fica tão distante das rochas, é primordial na renovação da escalada.

A Casa de Pedra é uma porta de entrada à escalada, é um patrimônio da escalada esportiva brasileira, , que os escaladores paulistas dominam.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade