Governo argentino nega ter abandonado o guia morto no Aconcagua - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Aconcagua

Governo argentino nega ter abandonado o guia morto no Aconcagua

O secretário do Ambiente argentino, Guillermo Carmona, negou o que foi dito pelos familiares de Federico Campanini, que afirmaram que teria morrido porque a patrulha de resgate o teria abandonado. Evitaram entrar em polêmica com os pais do andinista e deram explicações da operação.

Fonte: MDZ - Argentina

O governo argentino respondeu as críticas sobre a morte do guia Federico Campanini e negaram que tenha havido abandono da vítima, tal como sugeriram familiares do montanhista que faleceu em recente expedição ao Aconcagua.

Guillermo Carmona, secretário do Ambiente, afirmou que não houve abandono da vítima e que colocaram à disposição todos os recursos para resgatar a expedição formada por escaladores italianos, no último 6 de janeiro.

Carlos Campanini tinha dado uma entrevista aos meios periódicos locais que “quando se faz um resgate, se levam os que estão bem e deixam por último os que possam atrasar. Eu sei que Párraga disse que não o deixaram só”.
 ,
Por isso, o chefe da Patrulha de Resgate, Armando Párraga, pediu expressamente que se descarte a idéia de que aconteceu um abandono de vítima e assegurou que "as operações não terminam até o momento em que se recuperem os corpos dos andinistas falecidos".
 ,
Para sanar dúvidas, Carmona explicou que para resgatar a expedição participaram mais de 80 pessoas de forma direta.

"Todos os guias, porteadores, pessoal da Patrulha e guarda parques trabalharam em meio a graves inclemências climáticas fazendo enormes esforços e pondo em risco suas próprias vidas", assegurou o secretário do Ambiente, sob cuja jurisdição se encontra o Parque Provincial Aconcagua e os serviços que ali se prestam.
 ,
Os funcionários evitaram se aprofundar na polêmica surgida com os familiares do falecido guia de montanha e expressaram suas condolências aos pais de Campanini.
 ,
Ingressos e evacuados no Parque
Segundo os detalhes informados, quatro andinistas foram evacuados durante a última terça-feira, que se somam a outras 154 pessoas evacuadas durante esta temporada.
 ,
Atualmente 924 andinistas se encontram no Parque Aconcagua, os que integram uma lista de 3980 que ingressaram desde o começo da temporada.

No decorrer da temporada, faleceram cinco andinistas na tentativa de alcançar o cume do Colosso da América.

Fonte: MDZ - Argentina

Publicidade:


Publicidade

Publicidade