Quatro deficientes colombianos fizeram cume no Aconcagua - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Superação na montanha

Quatro deficientes colombianos fizeram cume no Aconcagua

Os andinistas perderam uma perna cada um devido à minas terrestres, a expedição foi em homenagem aos mortos em combate no conflito interno de seu país

Fonte: Télam

Quatro militares colombianos que perderam uma de suas pernas devido às minas terrestres que existem em seu país conquistaram nesta última quinta-feira o cume do Aconcagua, a montanha mais alta da América, situada na Argentina.

Os quatro militares subiram acompanhados de um guia e a missão tinha como objetivo render uma homenagem aos efetivos que resultaram feridos ou morreram em combate devido ao conflito interno da Colômbia, segundo informou a agência de notícias DPA.

"Os montanhistas militares iniciaram seu treinamento há três anos, quando começaram a escalar diferentes cumes colombianos como a Sierra Nevada de Cocuy e o Cerro de Pan de Azúcar, graças ao apoio da Liga de Deficientes das Forças Militares", informou um comunicado do governo colombiano.

Os militares tentaram a ascensão há um ano atrás, mas não conseguiram por condições climáticas, no marco de uma aventura que busca chamar a atenção sobre o esforço físico que pode fazer uma pessoa que perdeu algumas de suas extremidades.

A equipe de montanhistas é formada pelo coronel Gabriel Cardona, pelo cabo Juan Loaiza e pelos soldados Edgar Cardona e Bernardo Prieto.

Com 6.962 metros de altitude, o Aconcagua é a montanha mais alta do continente americano e está situada na província de Mendoza, Argentina.

Fonte: Télam

Publicidade:


Publicidade

Publicidade