A cobertura do GPS vai melhorar nos próximos meses

0

As autoridades americanas responsáveis pelo controle e gestão do Sistema de Posicionamento Global decidiram realizar uma série de esforços destinados a melhorar a cobertura sobre áreas de conflito, como o Afeganistão e o Irã, em que a natureza do terreno montanhoso dificulta a recepção dos sinais dos satélites. Em conseqüência também os usuários civis do sistema se beneficiarão das novas medidas planejadas para implantação ao longo dos dois próximos anos.


Nos próximos meses será lançada uma nova série de satélites que se fixarão entre os satélites mais antigos da constelação GPS, com a finalidade de proporcionar a redundância necessária para garantir a estabilidade do sistema. O número de satélites em órbita já é a maior desde que o GPS entrou em operação.

O projeto da força aérea americana consiste em instalar novos satélites nas áreas de sombra de maneira que o número absoluto de engenhos visíveis desde qualquer ponto da superfície terrestre seja maior que o atual de forma a melhorar a precisão dos receptores e reduzir o tempo necessário para computação dos dados. (TTFF – Time to First Fix).

Vale recordar que o correto funcionamento do GPS requer que exista uma linha direta, sem obstáculos, entre cada satélite e o receptor. Por isto são freqüentes as expressões metafóricas como “ver os satélites” com os receptores ou “satélites a vista” quando nos referimos as condições de utilização do GPS.

Mais informações na página da força aérea americana.
http://www.af.mil/news/story.asp?id=123184512

Fonte: Matéria de Carlos Puch para Desnível.Com

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário