Australiano paraplégico chega ao CB do Everest

0

O australiano paraplégico Scott Doolan, de 28 anos, alcançou no domingo o acampamento base na face sul do Everest, pelo lado nepalês, localizado à 5.364 metros de altitude, por seus próprios meios.

Scoot Doolan a caminho do Everest

Vale lembrar que só é possível chegar ao campo base do Everest a pé ou em helicóptero.

Foram no total dez dias trilhas íngremes e em grande altitude em sua cadeira de rodas adaptada, quando era possível, ou então com as mãos, com seu colega apoiando suas pernas. Para se ter ideia da distância percorrida desse modo, Scott gastou 5 pares de luvas, usadas para proteger as mãos.

No meio da jornada, devido ao terreno dificílimo, uma das rodas de sua cadeira quebrou. Para Scott, era o fim: “Estava bastante abatido. Simplesmente me encontrei sozinho sobre uma rocha pensando no que ia fazer“.

Scoot Doolan na trilha dque leva ao Campo Base do Everest

Para contornar a situação, a equipe que o acompanhava amarrou uma corda na parte quebrada da cadeira para que ela não virasse, mas passar pelos caminhos estreitos tornou-se uma tarefa ainda mais difícil.

A dificuldade era tanta, que já perto do acampamento, o atleta tinha dificuldade de respirar devido à posição para andar com as mãos. “… quando estava quase chegando, lembro de ter olhado para cima e ver umas vinte pessoas. Quando cheguei, todos começaram a me aplaudir.“, explicou Scott.

Apesar de todos os esforços para se preparar, foi muito mais difícil do que havia imaginado, confessou.

“Não esperava que o terreno fosse tão difícil. Nunca o havia visto e nunca treinei sobre um terreno desse tipo”, explicou.

Do campo base, Scott foi levado de helicóptero para Katmandu, onde foi hospitalizado.

E ele já está pensando em sua próxima aventura: quer nadar com as cores da Austrália nos Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2020.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário