Sobre o Autor

Pedro Hauck - Equipe AM

Pedro Hauck é montanhista e escalador desde 1998. Natural de Itatiba -SP, reside atualmente em Curitiba-PR. Pedro gosta de escaladas clássicas e também de montanhismo de altitude, já tendo escalado algumas das mais altas dos Andes. É geógrafo, mestre em Geografia Física e atualmente faz doutorado em Geologia ambiental. Visite o Blog de Pedro em www.pedrohauck.net. Siga ele no Instagram @pehauck

Colunistas
Escalando o Llullaillaco, a montanha sagrada dos Incas
Por

Apesar de ser pouco conhecida no Brasil, o Llullaillaco é uma montanha famosa no resto do mundo por ser o sítio arqueológico mais alto da terra. Quase no topo de seus 6770 metros de altitude, que a faz a sétima montanha mais alta dos Andes, foram encontradas no ano de 1999 três múmias incas em perfeito estado de preservação. Junto com elas foram achados uma centena de ornamentos que demonstram que elas foram sacrificadas em homenagem aos deuses. Este achado arqueológico mudou a história do montanhismo.

Colunistas
Como ter sucesso numa escalada em alta montanha
Por

Todos os anos eu vejo muitos brasileiros indo aos Andes para escalar montanhas de altitude. Com a valorização do Real, a alta de nossa economia, acesso à informação, equipamentos e claro, um crescimento da cultura do montanhismo em nosso país, deixamos nos últimos anos de ser elementos raros nas grandes montanhas e passamos a ser um dos países que mais exporta montanhistas em picos populares da Bolívia, Argentina, Chile, Peru e Equador.

Colunistas
Arrisque-se!
Por

Existe uma foto circulando na internet que é mais famosa que a pessoa que nela está. Essa fotografia registra o momento certeiro em que uma pessoa pula uma grande fenda no meio de uma geleira em uma montanha (foto ao lado). Para muita gente, isso acabou tendo um significado muito maior do que a cena ali registrada: a superação de conseguir vencer obstáculos!

Colunistas
Uma montanha no meio do caminho
Por

Como já falei diversas vezes aqui e no AltaMontanha.com, a dificuldade do montanhismo vai muito além da performance técnica e da preparação física. Diferentemente de outros esportes, no montanhismo o fator psicológico muitas vezes pesa mais do que aqueles dois primeiros juntos. Na escalada, o medo é um dos principais fatores limitantes; no montanhismo de altitude ou exploratório, a incerteza com relação ao meio, o isolamento e o tempo gasto em uma expedição passa a pesar negativamente para que a pessoa fique abalada com a solidão. Isso gera saudade das cenas mais triviais de sua vida e levando muitas vezes ao fim de sua epopéia montanhística.

Colunistas
Travessia pelos campos da Serra Geral
Por

Quem me falou pela primeira vez das belezas pitorescas dos Campos dos Padres, localizado nos platôs da Serra Geral catarinense foi meu amigo Mario Gasparetti, com quem estive caminhando, junto com a Camila, no Reveillon de 2010/2011 no Monte Roraima e outras tantas pernadas pelo Sul e Sudeste. Desde aquela época, o Mario vinha tentando combinar uma investida por aqueles campos, mas nunca dava certo. Neste último feriado, meu plano era ficar em Curitiba e coletar rochas para minha pesquisa no Pico Paraná. Com uma previsão não muito favorável mudei de plano e eu, a Camila, junto com o Mario e a Andressa resolvemos, na última hora ir para Santa Catarina fazer esta prometida travessia.

1 2 3 4 5 6 12