Carretera Austral: Equipamentos

6

E aí, tá curioso para saber o que estou levando nessa empreitada?

VEJA MAIS

:: Planejamento para percorrer a Carretera Austral de Bike

Carretera Austral de Bike

Antes de começar, vou pedir desculpas pelas fotinhas. Tirei elas na noite anterior a viagem e a iluminação lá de casa não aquelas coisas.

Agora sim, aí vai:

1) Bike + capacete (faltou nas fotos)

2) Kit bikepacking (marimbondo, porta-volumes, carranca + framebag) + alforges 18 litros

3) Roupas

Complicado montar esse “guarda-roupas”. Fui para Torres del Paine ano passado e estava o maior frio. Tenho acompanhado a precisão do tempo na região para onde vou e tenho visto temperaturas perto dos 20oC.

4) Kit Camping

5) Muitos sacos estanques (os meus são todos bem leves)

6) Kit primeiro socorros

  • Cobertor de sobrevivência (depois de um incidente sempre levo comigo)
  • – gases
  • – esparadrapo
  • – cloril
  • – remédios: alergia, dor de cabeça, relaxante muscular, anti-inflamatório
  • – nebacitin (para pequenos machucados)
  • – luvas
  • – adesivo Anti-inflamatório para dores

7) Filtro de água hyper mega eficiente

Esse item é uma aquisição nova. Li muito a respeito, muito eficiente. Da para pegar água da poça e beber.

8) Kit Higiene

  • – creme para não assar
  • – creme caso assar
  • – papel higiênico
  • – shampoo e condicionador
  • – sabonete
  • – esponja de limpeza
  • escova e pasta de dentes
  • – pente
  • Nenhum item supérfluo como maquiagem, perfume, cremes …

9) Kit cozinha

10) Kit misto

  • óculos de sol
  • – protetor para sentar (supérfluo, mas não pesa nada)
  • – café (claro que poderia comprar no caminho, mas porque não levar, tinha em casa)
  • mochila para mercado e pequenos trekkings
  • – massageador para liberação (tenho tendência a acumular muita tensão nas costas em pedais longos, pode ajudar)

11) Kit blogueiragem

  • – máquina fotográfica
  • – celular (usado para tirar a foto)
  • – tripés

12) Kit pés no chão

13) Kit sobrevivência (nos dias de hoje é isso, né?)

  • – tomada
  • – banco de bateria
  • – carregador da bateria da câmara fotográfica
  • – carregador do celular
  • (poderia incluir aqui o carregador solar que está no item 4, Kit camping)

Coisa demais, não? Ainda faltou nas fotos, grampos, cordinha, fita adesiva, extensor, …

Mas serio, não consegui tirar nada dessa lista aí … talvez no final da viagem possa dar um feedback da real utilidade dos itens.

Apenas para constar, minha bike pesa 11kg. Toda essa tralha pesou 25kg, ou seja estou carregando 36kg.

Ahhh, e ainda faltam água e comida.

Curtiu a lista? Sentiu falta de algo ou achou algo desnecessário? Deixe seus comentários  …

Continuação: Clique na imagem abaixo!

Carretera Austral: Primeiros dias

Compartilhar

Sobre o autor

Aline Elétrica

Aline Souza, mais conhecida como Aline Elétrica por ser engenheira elétrica é uma multi atleta de Florianópolis - SC. Ela pratica corridas de aventura, trekking, ciclo turismo e escalada em rocha. Siga ela no Instagram @alineeletrica

6 Comentários

  1. Avatar
    andre burin batarra em

    muito legal. vou acompanhar o dia a dia dos relatos, tenho muita vontade de fazer esse caminho, estava aqui pensando para janeiro de 2020 bem na hora que vi seu post no face, foi um sinal positivo! quanto aos equipos que está levando, está bem legal, mas vamos ver o feedback depois, parabéns e boa viajem!

  2. Avatar

    Olá, queria somente recomendar que não subestime o frio, fiz há algum tempo o trecho de Balmaceda a Villa Ohiggins, era janeiro e fomos preparados para mínima de +8 graus, já na primeira noite pegamos neve em Cerro Castillo e quase congelamos, o mesmo aconteceu quando dormirmos perto do Glaciar Huemul. O frio chega de repente. Seu sleeping bag parece apripriado, o nosso não era. Vá preparada para o frio que a viagem será linda, aproveite!

  3. Avatar

    Acertado levar café! No Chile é difícil de encontrar e quando tem ele já é mistutrado com açúcar. Fica fraco e doce demais. Mas a garrafa térmica… Hum, não sei não…

Deixe seu comentário