Comentários: 12ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha, primeiro dia.

0

Ontem teve inicio a 12ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha que segue pelos dias 26 e 27 de outubro no Cinema Odeon na cidade do Rio de Janeiro. E como não poderia ser diferente, amigos reunidos, organização show e muita animação para mostra competitiva que todos os anos traz novidades e animo as produções nacionais. Mais uma vez parabéns Alexandre Diniz e sua equipe.

 

Antes da mostra competitiva, a sessão de estréia veio com o documentário "Les Piolets D'Or", de Jean Afanassieff, ótimo para quem gosta realmente dos esportes de montanha e se interessa por sua história. O filme deu o pontapé inicial a Mostra Internacional de Filmes de Montanha.
 
Ainda no calor do primeiro dia da mostra competitiva, vamos aos comentários sobre as películas apresentadas. Usarei a mesma forma de graduação do ano anterior: "Atende, "Atende Parcialmente", "Não atende" e "Supera", assim fica mais fácil pontuar os bons e talvez ruins filmes.
 
25/10 – QUINTA | Mostra Competitiva
 
One Run Fun – A temporada parecia não estar pra muita neve. Mas o curta One Run Fun mostra que não é preciso. Taylor Names (Rio de Janeiro), 5 min – Ótimas imagens, até começa legal, mas depois deixa claro que não passa de uma propaganda da Camera Filmadora Gopro, a queridinha do praticantes de esporte outdoor. Quem estava a meu lado perguntou se era um filme competitivo ou uma chamada para nova Gopro Digital Hero 3. Sem pegar pesado, "Atende Parcialmente", a tentativa foi válida.
 
No Ropes No Bolts – Expedição de Felipe Dallorto e Flavia dos Anjos, que escalam dois estilos com forte teor.. Julio Blander e Felipe Dallorto (Rio de Janeiro), 50 min. Esse animou a moçada que gritou KAMON nas cenas de pressão nos blocos de Maiorca, contagiou até quem não escala e tirou varias palmas da platéia. A trip de Felipe Dallorto fez valer o ingresso. A película se perde um pouco quando sai do psicobloc e entra nas escaladas com proteção móvel, mas isso não tira o brilho do filme. Creio que o melhor da noite. "Supera"
 
Brasil Ride – Muito mais que uma corrida, uma etapa em sua vida. Nada poderia descrever melhor o Brasil Ride, … Gustavo Abah (Minas Gerais), 22 min. A platéia acompanhou junto a trip de bike e curtiu bastante o filme. O trabalho de Gustavo Abah já foi visto anteriormente em outras amostras e tem um ótimo conceituado na TV de Minas Gerais com o programa Casca Grosa. Boa narrativa e ótimas imagens, o formato documentário fez bonito na amostra, mas não é um filme de montanha que vá tirar muito do publico. "Atende"
 
Brasil Everest 20 anos – Primeira expedição brasileira ao Monte Everest, em 1991. 11 de Setembro de 1991, com … Gert Seewald (São Paulo), 19 min. Bom documentário, importante registro da história do montanhismo nacional. Vale muito como acervo para gerações futuras que desconhecem o duro caminho traçado por brasileiros dentro e fora de nossas fronteiras. Já era de se esperar que não tiraria muito do publico, como palmas e gritos de KAMON, mas atendeu o proposto pelo diretor. "Atende"
 
Amanha tem mais filmes e comentários! Boas escaladas e bons filmes!
 
Ingresso R$ 24,00 inteira e R$ 12,00 a meia entrada
Força sempre, bons filmes e boas escaladas!
Atila Barros
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário