Crença

0

O mês de março rendeu mais algumas boas lembranças de cadenas para guardar e destacar por aqui…


Após a Heróis da Resistência, na Serra do Cipó, realizada na semana do carnaval (postagem anterior), fluiu a belíssima Crença, 9c, uma das últimas vias abertas pelo escalador Pardal na Falésia dos Olhos, Paraisópolis (MG).

Essa via, juntamente com a Fulon na Sika (também 9c) são para mim um marco de evolução, pois oferece um mix de estilos …

A linha começa com uma movimentação de equilíbrio e ´dead-points´ em regletes, chegando no primeiro crux que sai de uma agarra grande (foto ao lado), requerindo a realização de um belo dinâmico (dinamicão para quem é mais baixo) em uma agarra minúscula na direita, requerindo agilidade no encaixe do calcanhar esquerdo para ajudar a progressão rumo à agarra final dessa sequência ´cruxial´ …

No meu caso, após algumas tentativas por aí, pensei que tivesse que ficar ainda mais leve e forte para conseguir, ´um dia´, parar nessa agarrinha ´shit´ da direita…

Porém, o lance saiu isoladamente durantes os ´ares de março´, com o beta do Massa me lembrando sobre o ´detalhe´ de encaixar rapidamente no cantinho direito dessa agarra ´shit´ um pedacinho da primeira falange do dedo anelar junto aos dedos indicador e medio, otimizando realmente a ´pegada´ para aguentar um pouco mais a transferência do peso do corpo para a direita…

Ufa… Lancezinho ´casca´ para mim, no qual fui e voltei três vezes na cadena, descansei no agarrão me concentrando novamente até que a respiração voltasse ao normal, para conseguir, enfim, a ´pega´ perfeita, fluindo via acima…

Nessa hora, como diria meu companheiro, “cresci na via”, me motivei pela realização do lance, e o 2º crux mais acima fluiu perfeitamente, como um ´presente divino´ pela superação anterior…

Em seguida, escalei de forma bem cuidadosa os lances do final, os quais também podem derrubar principalmente levando em conta alguns pézinhos ainda quebradiços, e a cadena saiu!

Na realidade, juntando tudo, realização gera realização… E por menores que sejam, quando valorizamos as pequenas conquistas´(e não somos massacrados por adversidades da vida, como a parasitose que nos acometeu no Cipó), ficamos mais confiantes e assim, naturalmente, conseguimos aplicar de forma mais eficiente toda força e técnica adquirida ´em algum lugar do passado´…

E o melhor de tudo… essa evolução não tem idade… A única coisa que pode minar qualquer tipo de realização é a falta de amor….
E, no meu caso, a relação com a escalada é pura, intensa, daquelas em que, a cada contato, o mundo exterior praticamente desaparece…
E esse exato sentimento já dura 18 anos!

Motivante, ainda, é acompanhar as conquistas de escaladoras pelo mundo que admiro por suas histórias de vida de paixão pela escalada, envolvendo família, maternidade, trabalho e dificuldades, entregues à evolução esportiva, como Robin Ebersfield, Linn Hill, entre outras, com destaque esse mês para a espanhola Eva Lopez, que com 40 anos, e após algumas adversidades, realizou mais um 8c francês.
(Saiba mais em:=”http://desnivel.com/escalada-roca/escaladores/eva-lopez-el-retorno-de-una-escaladora-honesta)
Destaque dessa conquista em: http://www.8a.nu/?IncPage=http%3A//www.8a.nu/user/Profile.aspx%3FUserId%3D5217

Vamu que vamu, ora levando a cria pra base da rocha, carregando a ´casa nas costas´, ora colocando pressão e ´crença´ em ´cada lance´ ….

CRENÇA – Cadena dedicada ao Flávio ´Massa´, companheiro sem o qual, definitivamente, eu não teria botado fé nas vias em rocha mais desafiadoras que realizei nos últimos tempos…

Pra completar, saiu para nós dois nessas últimas semanas a via ´Parasita´, 9a, no Pilar Central (Pedra da Divisa), em comemoração à saída da ´zica´ que parasitava nossos corpos desde a trip para a Serra do Cipó…

Fotos clicadas pelo escalador Raphael Gibara… Valeu demais, man!

BORA Bizu, Maeda, Frank, Will, Michel, Marcão, Edu, AnaLu, Otávio e toda galera presente na base e nas vias desse mundão!

“Kmon… You´re very strong, my friend”… rs

Muito obrigada ao Paulo Gil – ginásio 90 Graus, pelo apoio de espaço para escalada na zona sul de São Paulo, agilizando meus treinos indoor nesses últimos dois anos!

Destaque do mês também para o Single Track, da THE NORTH FACE, tênis de trilha incrível, que se mostrou muito eficiente para evitar escorregões nos caminhos mais enlameados rumo às vias de escalada, principalmente durante essas águas de março´!

Valeu THE NORTH FACE: http://www.thenorthface.com.br/2010/prod_footfem6.html
Coleção outorno/inverno já nas lojas!

Em julho, juntos também rumo ao Campeonato Mundial 2011, em Arco, Itália.

Beijos e até a próxima!&nbsp,

Compartilhar

Sobre o autor

Janine Cardoso - Colunista

Janine Cardoso é a maior vencedora de campeonatos brasileiros de escalada, com 8 conquistas. Ela já participou de mundiais e também de diversas etapas de Copas do Mundo. Atualmente é atleta da The North Face.

Comments are closed.