Cristo Redentor continua isolado no Rio

0

Um dos principais pontos turísticos do Rio, o Cristo Redentor está isolado há uma semana, por conta de bloqueios em seus acessos rodoviário e ferroviário. As estradas que levam ao monumento estão interditadas por deslizamentos de terra, pedras e árvores.


Em Santa Teresa, a Rua Almirante Alexandrino está bloqueada. Parte da pista cedeu a um quilômetro do quartel do Corpo de Bombeiros de Santa Teresa. Homens da Geo-Rio já trabalham no local para tentar desobstruir a estrada, mas não há data para que as pistas sejam liberadas. O acesso pela Rua Indiana, no Cosme Velho, também está interditado porque imensas pedras rolaram da encosta, atingindo os fundos da Associação Nikkei do Rio de Janeiro.

O deslizamento bloqueou o curso do Rio Carioca, que está fluindo pela Rua Cosme Velho. Já pela Ladeira dos Guararapes, só é possível chegar de carro até a favela. O trenzinho do Corcovado também não está funcionando, segundo o diretor da empresa Sávio Neves.

A Geo-Rio informou, por meio de uma nota, que as obras de contenção no Parque Nacional da Tijuca devem durar seis meses. A reabertura do parque e o restabelecimento do funcionamento do trem serão definidos pela direção do parque, conforme o andamento do trabalho da Geo-Rio.

Platô da Lagoa

No Platô da Lagoa, um popular setor de escalada na zona Sul, sofreu com deslizamento de alguns blocos, um deles, aonde estavam localizados os boulders ´Legalize´ e ´Tava na cara e ninguém viu´, rolou, acabando com estes problemas, o chão cedeu e a encosta inteira desmoronou.&nbsp, A rua que antes dava acesso à falesia ficou completamente tomada pela terra, rocha e árvores depois do temporal que abalou o Rio e Niterói.

Fonte: O Globo

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário