Denis Urubko quer fechar os 14 com chave de ouro

0

Este cazaque já abriu rotas novas, fez a ascensão invernal do Makalu com Simone Moro, escalou o Everest e Lhotse sem oxigênio, escalou os 5 “leopardos da neve“ (5 montanhas mais altas da ex-URSS), dezenas de escaladas alpinas a montanhas de 7000 metros, mais de 30 escaladas solitárias… As conquistas por aí vão… Além disso, Urubko escalou todas as montanhas de 8000 metros salvo uma delas: o Cho Oyu.


O Cho Oyo é normalmente o primeiro 8000 de muitos himalaistas, não para Denis. Numa entrevista à RussianClimb.com Denis disse que “Normalmente, eu noto uma linha interessante, e encontro uma oportunidade para escalá-la alguns anos depois”. Foi o que aconteceu. Na primavera de 2008 ele queria fazer uma escalada relâmpago à rota normal do Cho Oyu, mas problemas políticos na China adiaram a expedição para o outono e novamente para a primavera de 2009.

Depois de ter idealizado a rota em 2001, Denis agora finalmente se encontra no Cho Oyu e não no lado tibetano, mas no temido lado nepalês da montanha. A linha escolhida foi na cara sudeste, que ainda não foi escalada. A parede tem mais de 1700 metros de desnível! A aclimatação pelo glaciar Gjanchung é um tanto difícil. O time está estudando a rota no momento, por onde pretendem subir em estilo alpino e sem oxigênio.

A expedição é também composta pelo jovem Boris Dedeshko, que já escalou anteriormente com Denis, incluindo uma expedição em estilo alpino ao Korona (Tien-Shan) e o Makalu, ambos no ano passado.

Boa sorte Denis e Boris!

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário