Escalada em solitário no Dhaulagiri

0

Um alpinista japonês escalou, sem a ajuda de oxigênio suplementar e em solitário, o Dhaulagiri, no Nepal. Trata-se da sétima montanha mais alta do planeta!

Nobukazu Kuriki, um jovem alpinista japonês de 26 anos, tem um projeto de se tornar no primeiro alpinista de seu país a escalar o cume das sete montanhas mais altas dos sete continentes sem o uso de oxigênio complementar e em solitário. Aumentando a dificuldade de ascensões a cumes acima de 8.000 metros de altitude ao escalar sem oxigênio suplementar, o escalador ainda busca tais feitos, sozinho nas montanhas. Escalar em solitário significa escalar sozinho, sem um companheiro de segurança, e diminui ainda mais a possibilidade de falha durante a pratica da escalada.&nbsp,&nbsp,


Por volta das duas horas da tarde, o alpinista obteve sucesso ao atingir o cume do Dhaulagiri (8.167 metros de altitude), no Nepal, sétima montanha mais alta do planeta. Ele saíra do acampamento 3 (7.238 metros de altitude) por volta da uma hora da manha de segunda feira. Algumas horas depois, sua visão ficou borrada devido a ventos fortes que não davam trégua na altitude. Apesar do mau tempo, o escalador conseguiu fazer o cume da montanha.


Kuriki é o segundo alpinista a escalar o Dhaulagiri sozinho e sem o auxílio de oxigênio suplementar desde 1981.


Fonte: http://mdn.mainichi.jp/mdnnews/news/20090519p2a00m0na009000c.html

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário