Escalador argentino morre na região do Fitz Roy

0

Um escalador argentino de 24 anos morreu na região do Fitz Roy, na Patagônia Argentina, após sofrer uma grave crise de hipotermia e esgotamento.

Segundo informações da imprensa argentina, o jovem chamado Joaquin Prado escalava na última sexta feira a agulha Poincenot com um companheiro, quando uma forte tempestade de vento e neve os atingiu no meio da parede.

Seu companheiro de escalada, posteriormente, conseguiu chegar a um povoado próximo para aviar as autoridades, que iniciaram o resgate já naquela noite.

Assim que o encontraram, ele apresentava a temperatura corporal de apenas nove graus centígrados.

Depois de aproximadamente duas horas de tentativas de reanimação, Joaquin foi levado em uma ambulância para o hospital da cidade de El Calafate, onde acabou falecendo, sem que os médicos pudessem ajudar.

O corpo do escalador deve ser levado nesta semana à cidade de Buenos Aires, onde ocorrerá o enterro.

Recentemente, outra tempestade de vento e neve também foi a responsável pela morte de duas pessoas no Aconcagua, entre elas, a do guia Argentino Federico Campanini, cuja a exibição de um vídeo causou polêmica no mundo.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário