Escolhendo um GPS para navegação

0

Todos sabem da importância dos aparelhos de GPS em atividades em montanha. Muito mais do que serem aparelhinhos que mostram o caminho, eles também são muito úteis para livrar os aventureiros de enrascadas. Neste artigo pretendo mostrar os modelos de GPS que eu acho serem os melhores para pessoas com nosso perfil. Veja a avaliação e escolha o que se encaixa melhor ao seu uso.


Os aparelhos de GPS se tornaram populares na navegação urbana em carros. Os aparelhos que usamos em trilhas são diferentes. Eles não mostram apenas o caminho, eles precisam nos informar a altitude e pressão. Precisam ter bussola eletrônica, marcar pontos e rotas e obviamente suportar mapas.

Por conta de todos estes recursos, os aparelhos de GPS de navegação em trilha são mais caros que os de carro, pois são mais completos. Entretanto, quem tem um GPS destes também pode usar em carros, isso é uma coisa que pouca gente faz. Com os mapas do projeto Tracksource cada vez melhores e roteados, ficamos com um recurso bem interessante, aumento o uso de nossos aparelhinhos.

Sou uma das pessoas que faz uso de GPS em ambos os ambientes, urbano e natural. Por isso escrevo estas dicas, pois dependendo do tipo de uso, você pode escolher modelos diferentes.

Estou citando os modelos da marca Garmin, que é a marca mais popular de GPS disponível no mercado brasileiro. Desta marca, vou fazer a avaliação dos modelos que tem todos os recursos citandos na introdução deste artigo. Os modelos são: Vista HCX, 76 CSX e 60 CSX

Vista HCX:

Este GPS é o que tem o melhor custo beneficio. Ele tem todos os recursos que uma pessoa precisa em trilhas, como altímetro barométrico, barômetro, bússola eletrônica, visor colorido, etc.

Ele é o menor aparelho e que tem menos botões. Então é o aparelho ideal para quem só usa em trilhas. Quem for usar ele com carros, terá grande dificuldade, pois a tela é muito pequena e a ausência de botões que podem fazer comandos diretos dificulta o manuseio quando se está dirigindo.

76 CSX

Este GPS é o que tem o maior corpo e a maior tela. Pode ser usado para navegação numa boa, porém, como ele é grande, pode atrapalhar na hora de caminhar, pois sempre levamos os aparelhos de GPS presos na alça da mochila.

Por outro lado, sua tela grande e facilidade dos botões ajudam bastante quem for navegar na cidade. O GPS perfeito para quem não liga por tamanho e usa bastante o aparelho no carro.

60 CSX

O 60 é o aparelho que faz o meio termo entre o 76 CSX e o Vista HCX. Ele não é pequeno e compacto como o Vista e nem robusto como o 76. Tem uma tela de tamanho bom para uso na cidade e na trilha, por isso é o aparelho favorito dos trilheiros. É o GPS que eu uso em minhas aventuras e estou muito satisfeito com eles.

Importante:

Independente do seu perfil, lembre-se que se você pretende usar os aparelhos na trilha, é importante que ele tenha todos os recursos citados, por isso os modelos tem que ter aquelas letras no final, que indicam estes recursos, se você é trilheiro, não compre um GPS sem altímetro, barômetro etc… pois estes recursos são importantes.

A Garmin lançou um novo aparelho de GPS que certamente irá revolucionar o mercado. Trata-se do GPS 62. Este aparelho tem um micro processador e permite a sobreposição de imagens raster, ou seja cartas topográficas digitalizadas e imagens de satélite do Google Earth.

Por enquanto, todos os mapas destes GPS citados são vetoriais, o que não significa que não tenham qualidade. No Brasil, temos mapas gratuitos e de grande qualidade para uso nestes GPS que podem ser baixados gratuitamente no Projeto Tracksource.

Veja mais:

:: Curso de GPS – Com Pedro Hauck
:: As maravilhas do GPS

Links externos:

:: Projeto Tracksource – Mapas gratuitos para GPS

:: Eportateis – Comércio eletrônico de GPS com preços acessíveis

Compartilhar

Sobre o autor

Pedro Hauck - Equipe AM

Pedro Hauck é montanhista e escalador desde 1998. Natural de Itatiba -SP, reside atualmente em Curitiba-PR. Pedro gosta de escaladas clássicas e também de montanhismo de altitude, já tendo escalado algumas das mais altas dos Andes. É geógrafo, mestre em Geografia Física e atualmente faz doutorado em Geologia ambiental. Visite o Blog de Pedro em www.pedrohauck.net

Comments are closed.