Faça um curso de escalada!

0

Muitos acidentes estão acontecendo… E abre a pergunta… você fez curso de escalada?


Hoje em dia há muitas academias que estão instalando paredes de escalada para a diversão dos alunos. Já fui testemunha de festas de rodeio ter paredes como divertimento para quem ainda não conhece o esporte.

Pessoalmente acho isso muito bom, para a divulgação do esporte e contribui em muito com a sua popularização. Nas academias de escalada que abrem pelo Brasil afora há uma procura cada vez maior. Na cidade de São Paulo, por exemplo, academias de escalada ficam cheias inclusive no final de semana.

Mas o mais importante é salientar que muitas destas pessoas, incluindo alguns dos “Titãs” que estão se destacando na escalada, ainda não são escaladores de fato. São apenas pessoas que tem o hábito de subir paredes com inclinação acentuada pisando e segurando em agarras de resina. Às vezes nem corda usam, sendo adeptos de boulders (Não tenho nada contra esta modalidade saliento).

Estes escaladores possuem idade avançada dentro do esporte, mas desconhecem procedimentos básicos de segurança em escaladas em rocha. Muitos destes, a grande maioria, nunca fizeram (e nem pretende) fazer um curso de escalada com escaladores qualificados. Os argumentos são muitos: preço, dificuldade, medo de escalar na natureza, falta de tempo. Por algum motivo um dia tem a oportunidade de escalar na rocha e acontece algum imprevisto. Eu mesmo passei por imprevistos em uma escalada a qual descobri que as pessoas que organizaram a escalada não tinham mais experiência que eu, que na época estava também iniciando. Acredito que foi por muita sorte que algo trágico não aconteceu.

Para quem vai escalar, mesmo na academia, é muito importante ter um curso básico de escalada. Não só para a sua segurança, mas para preservar o esporte de acidentes como o que acaba de acontecer no Rio de Janeiro, ou o que aconteceu a algum tempo em São Bento do Sapucaí com uma escaladora “experiente”.

Tente imaginar qual a imagem que irá aparecer para as pessoas leigas que em um ano houve dois acidentes muito semelhantes. Para quem não vê semelhança entre os dois, é só se ater ao fato de ambos serem por um simples nó mal feito, e uma escalada forçada em um dia de tempo ruim. Quando se faz parte da sociedade tem-se de saber que, o que você faz de errado (ou certo) reflete na comunidade a qual você representa. Em outras palavras, você representa os escaladores, goste disso ou não, e portanto se comporte de maneira exemplar.

Há cursos de escalada excelentes em todo o Brasil, e o preço não é dos mais baratos, porém é a sua segurança que está em jogo, portanto entre ponderar entre comprar uma corda e sair escalando e fazer primeiramente um curso de escalada, opte pelo segundo. Fazendo o curso há, também, a valorização da pessoa que está ministrando. Muitas vezes o instrutor vive daquilo (em outras palavras é um profissional da área).

Ao ter a escolha de fazer o curso de escalada, certifique-se de que a pessoa que está lhe dando o curso tem a experiência necessária para isso. Evite escolher qual curso fazer baseado somente no preço, e sim coloque um peso maior o fator da experiência de escalada, quantidade de cursos ministrados e seu comprometimento com a escalada. É importante também verificar se o instrutor sempre está escalando, pois pode acontecer do instrutor não se lembrar de alguns procedimentos por estar afastado das escaladas em rocha…

Se você quer escalar, por favor, faça um BOM curso de escalada em Rocha.

Compartilhar

Comments are closed.