Fernanda Maciel faz cume no Aconcagua

0

Corredora de montanha fez sua segunda tentativa de chegar ao topo da montanha mais alta dos Andes e logrou fazer cume, no entanto fazendo ataque desde Plaza de Mulas

Após a segunda tentativa no segundo ano consecutivo, a corredora de montanha Fernanda Maciel logrou fazer cume na montanha mais alta dos Andes, o Aconcagua, de 6962 metros de altitude, em Mendoza, Argentina.
 
A ultramaratonista pretendia bater o recorde feminino de velocidade, no entanto falhou em sua primeira tentativa e teve que mudar os planos para fazer o segundo intento.
 
Devido as fortes chuvas que provocaram enchentes e corridas de lama na região do Aconcagua, Fernanda teve que desistir de tentar bater o recorde desde Horcones, entrada do Parque Provincial, de onde o atual recordista Karl Egloff, obteve a marca no ano passado e desta vez saiu do acampamento base, Plaza de Mulas. Horcones está localizado numa altitude de 2950 metros e Plaza de Mulas 4300, 25 km depois.
 
Mesmo encurtando caminho, fazer cume desde Plaza de Mulas não é uma tarefa fácil. A melhor marca brasileira era de José Luis Pauletto que em 1996 saiu de Plaza de Mulas e fez cume em 5 horas e 29 minutos. Atualmente o recorde deste itinerário pertence aos italianos Bruno Bronod, Fabio Meraldi e Jean Pellissier e é de 3 horas e 40 minutos. 
 
O recorde de ascensão saindo de Horcones, realizado por Karl Egloff é de 11 horas e 52 minutos ida e volta.
 
O tempo de Fernanda Maciel em sua ascensão foi de 14 horas e 10 minutos, sendo foram 10 horas para subir e 4 para descer. Com este tempo, Fernanda obteve o recorde feminino deste tramo até o cume que antes pertencia à argentina Popi Spagnuoli, que em 2004 fez em 12 horas.
 
Veja mais
 
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário