Fotógrafo mostra derretimento de geleiras na Suíça

0

Denis Balibouse, que trabalha para Reuters em Genebra, localizou em distintos arquivos várias fotos históricas das montanhas suíças e se empenhou em buscar as mesmas localizações para comprovar o estado atual dos glaciares. Alguns deles desapareceram por completo.

O glaciar Trient em 1891 e em agosto de 2019. DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

O fotógrafo (@denisbalibouse) passou os últimos anos se dedicando em como medir o impacto das mudanças climáticas globais nos glaciares da Suíça, um processo lento e gradual. “Como retratar isso?”, ele perguntou e encontrou a solução olhando um livro de fotografias em branco e preto do século XIX, como explica a agencia Reuters. Na imagem, o autor compara uma foto do glaciar Trient de 1891, na mesma localização, mas em 2019.

Denis Balibouse selecionou várias imagens e se propôs localizá-las e voltar a retratá-las. Alguns locais não estavam identificados, por isso ele teve que rastrear livros e mapas até conhecer sua localização exata. Não foi fácil contrastar os locais, menos ainda chegar em alguns deles. Para lograr a imagem desejada, o fotógrafo teve que investir muito tempo em teleféricos ou empreender longas caminhadas. Na foto abaixo, o glaciar Rhone e o hotel Belvedere antes de 1938 e em 2019.

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

Balibouse passou os últimos três anos embarcado nesta tarefa, que resultou em diversas imagens comparativas de antes e depois dos glaciares ou das montanhas nuas donde antes havia gelo. “Em 150 anos um dos glaciares havia descido 200 metros e reduzido três quilômetros. É alucinante a quantidade de gelo que se perdeu”, afirmou o fotógrafo. Na imagem abaixo, o glaciar Gormeren atualmente e, em preto e branco, numa imagem tomada em 1863.

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

O trabalho do fotógrafo da Reuters resultou ser espetacular em alguns casos, como nestas duas imagens abaixo.  O glaciar Rhone, em 1849 e na atualidade.

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

A Suíça perdeu mais de 500 glaciares nos últimos dois séculos e os especialistas preveem o desaparecimento de outros 1.350 até o final do século. Nas imagens abaixo, o glaciar Aletsch, fotografado entre 1860 e 1877 e abaixo na foto, em setembro deste ano.

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

Na imagem abaixo podemos apreciar a impressionante mudança na paisagem do glaciar Lower Grindelwald, nos Alpes suíços. A foto da esquerda foi tomada em 1865, e a da direita, em agosto de 2019.

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

DENIS BALIBOUSE REUTERS/ETH LIBRARY

A última imagem corresponde ao glaciar Aletsch, em 1865 e na atualidade. Denis Balibouse além de fazer as fotos também publicou um vídeo com seu trabalho. Uma das consequências das mudanças climáticas globais nesta região do mundo é o aparecimento de cadáveres das primeira guerra mundial como se pode ver neste post.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário