Horacio Gratton, Lucas Marques e Gustavo Fortes abrem via extrema na cachoeira do Tabuleiro

0

O argentino e dois brasileiros, com ajuda de Fernando Lucas e Wagner Borges conquistam a via que batizaram de “Para Temprano es Tarde”, uma via de 400 metros e dificuldade que pode chegar a 10b, que ficou pendente de liberação na parede do Tabuleiro.

O Argentino Horacio Gratton voltou a mostrar ao mundo mais um vez as enormes possibilidades de exploração de paredes que existe no Brasil. O escalador argentino encadenou algumas das mais difíceis e famosas vias de Minas Gerais e agora conta alguns detalhes de sua nova realização junto com os brasileiros Lucas Jah e Gustavo Fontes, a via”Para Temprano es Tarde”. Conquistada na parede que fica ao lado da Cachoeira do Tabuleiro, a maior Cachoeira de Minas Gerais, um paredão vertical, por ora negativo, de beleza cênica notável e que resultou numa via ainda não liberada que pode chegar a 10b (8b Fr).
 
O trio levou a cabo a conquista durante o mês de Julho, um pouco antes de Gratton ter conquistado a via Sangue Latino, (800m 8b/+fr) na Pedra Baiana junto com Edmilson Padilha, Valdesir Machado, Wagner Borges e William Lacerda também em Minas. 
 
Gratton ficou conhecido no Brasil por ter participado da conquista da via “Place of Happiness" na Pedra Riscada junto com Ed Padilha, Holger Heuber e o famoso escalador alemão Stefan Glowacz. No ano passado, o argentino conquistou outra via na Pedra Riscada com escaladores conterrâneos, a "Viaje de Cristal", que virou um filme.
 
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário