Junko Tabei, a primeira mulher a escalar o Everest, falece aos 77 anos

0

A japonesa Junko Tabei, primeira mulher a escalar o Everest em 1975, morreu quinta-feira passada devido a um câncer num hospital de Saitama, nos subúrbios de Tóquio, mas a família só tornou o fato público este fim de semana.

Nascida em Fukushima (nordeste do Japão), Junko Tabei alcançou o cume mais alto do mundo (8.848 metros a 16 de maio de 1975), aos 35 anos, e viria a tornar-se, em 1992, na primeira mulher a conseguir completar o circuito dos sete cumes, que consta na ascensão da montanha mais alta de cada continente. Formada em Literatura inglesa, ela incentivou muito a presença de mulheres em montanhas. Em 1969 chegou a fundar no Japão um clube de montanhismo para mulheres.
 
Mesmo depois de completar 70 anos, continuou viajando para fazer montanhismo cinco ou seis vezes por ano. Autora de inúmeros livros, incluindo uma biografia em que se definiu como uma "dona de casa que escala montanhas", conquistou, em 2008, o prémio "Mountain Hero" de um instituto com sede em Washington.
 
VEJA MAIS:
 
 
 
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário