Kilian Jornet bate recorde de velocidade em ascensão no Aconcágua

0

Corredor de montanha catalão precisou de duas tentativas para bater recorde do asturiano Jorge Egocheaga, saindo de Horcones, na portaria do Parque Provincial do Aconcágua, indo ao cume e retornando em Horcones em 12 horas e 49 minutos.

O ultra corredor de montanha catalão Kilian Jornet acaba de realizar um grande feito na história do Andinismo, ao sair de Horcones, onde fica a portaria do Parque Provincial do Aconcágua, ir ao cume da montanha mais alta dos Andes e regressar à Horcones em 12 horas e 49 minutos, 55 minutos a menos que o asturiano Jorge Egocheaga, que detinha o recorde anterior.

Kilian conseguiu o feito na segunda tentativa, após passar um tempo se aclimatando e planejando a ascensão. Ele já havia feito o cume da montanha antes durante este processo. No último dia 19, ele foi impedido de conseguir realizar seu feito correndo por conta de fortes ventos que assolavam a região do cume da montanha.

Jornet conseguiu percorrer os 25 quilômetros iniciais que ligam Horcones ao acampamento base da montanha, Plaza de Mulas, localizado aos 4300 metros de altitude, em apenas 3 horas e 30 minutos. Ali ele calçou botas e seguiu rumo ao cume da montanha. Regressou horas depois, realizando a logística inversa, e se pôs em marcha novamente rumo à Horcones.

Toda a ascensão ocorreu sem informação na internet, já que os espanhóis a divulgação e querem ser os primeiros a publicar o feito. No entanto, como o AltaMontanha tem parceiros no Aconcágua, recebíamos todos os dados, assim que eles chegavam aos ouvidos de nossos colaboradores que estão de plantão. Assim, estamos divulgando em primeira mão este feito.

Esta poderia ser a última tentativa de Kilian, que está com seu tempo esgotando na Argentina. Seu voo de volta à Espanha é no dia 26.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário