MoNa da Pedra do Baú estabelece regras para visitantes e taxa ambiental

0

O Monumento Natural da Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí – SP, fixou novas regras de visitação para quem acessa a unidade de conservação pela estrada do Bauzinho. A novidade é o fechamento para carros do trecho final da estrada (antes da rampa de voo livre) e a fixação de taxas ambientais. Confira as novas regras na íntegra:

Com o intuito de manter uma estrutura mínima de organização no acesso ao Monumento Natural Estadual da Pedra do Baú na temporada 2015, a Prefeitura de São Bento do Sapucaí, a Fundação Florestal e os Conselheiros da Unidade divulgam as medidas tomadas:

1. fechamento do acesso a veículos a partir da entrada da Fundação Pedra do Baú – km 3,4
2. área de estacionamento liberada para veículos na Fundação Pedra do Baú – km 3,4
3. base operacional com atendimento de monitores, durante os finais de semana e feriados, das 8h às 17h – km 3,4
4. acesso ao topo da Pedra do Baú recomendado até às 14h somente.
5. acesso ao Complexo Pedra do Baú a partir do estacionamento somente por caminhada – 1.200m. Recomenda-se água, roupas e calçados adequados. O trajeto é por estrada de “chão batido” com subidas consideráveis.
6. instalação de placas informativas ao longo do caminho.
7. a subida ao topo da Pedra do Baú é relativamente longa e é feita em degraus metálicos fixados à rocha (via ferrata), com trechos verticais de grande exposição. Recomenda-se a contratação de monitores para a subida.
8. não serão disponibilizados sanitários.

Estas ações terão início no dia 20/12/14.

Taxa de Preservação e Compensação Ambiental

A partir do dia 16/01/15 será cobrada a Taxa de Preservação Ambiental, de acordo com a Lei 1705, na estrada de acesso ao Mona Pedra do Baú.
Valores:

1 – para veículos de pequeno porte (ciclomotor, motoneta, motocicletas, triciclo, quadriciclo, automóveis): R$ 10,00 (dez reais);
2 – para veículos de carga e mistos (caminhonete, caminhoneta, utilitários): R$ 10,00 (dez reais);
3 – para veículos coletivos, de excursão (Vans, Kombis e similares): R$ 100,00 (cem reais);
4 – para microônibus acima de 16 lugares: R$ 200,00 (duzentos reais);
É terminantemente proibida a entrada de Ônibus e Caminhões com PBT acima de 17 toneladas nesta estrada.
A entrada de caminhões privados só será permitida em dias úteis.
Para mais informações sobre a Taxa de Preservação e Compensação Ambiental, consulte a Lei 1705, no site: Lei 1705

Ressaltamos que, essa Unidade de Conservação está em fase de implantação, portanto a infraestrutura oferecida ainda não atenderá todas as necessidades dos visitantes. Deixamos registrado que todas as instituições envolvidas na gestão estão trabalhando de acordo com os procedimentos legais, e tem procurado fazer com que as ações sejam efetivadas no menor tempo e da melhor forma possível.

Contamos com a compreensão e apoio de todos.
Prefeitura Municipal Fundação Florestal
 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário