Montanhista contra medidas desenvolvimentistas na Serra da Estrela, Portugal

0

O Dia Internacional da Montanha, que foi comemorado ontém, foi escolhido por um cidadão português para protestar contra as opções de desenvolvimento da Serra da Estrela.


Luís Avelar, praticante de
montanhismo e escalada, exibiu uma faixa de repúdio e distribuiu folhetos na Torre
e junto à sede do Parque Natural da Serra da Estrela, em Portugal, contra projetos desenvolvimentistas que almejam tornar a Serra em um pólo turístico.

O montanhista teme que estes projetos sejam orientados somente para o viés econômico e que cause impactos ambientais ao ecossistema da Serra da Estrela.

Dentre estas medidas, está planejado a construção de um teleférico para a Torre. De acordo com Avelar, este teleférico irá concentrar ainda mais pessoas no local.

O montanhista é defensor de um desenvolvimento sustentável, uma forma de se planejar atividades econômicas pensando em preservar recuros para gerações futuras. Avelar classifica o tráfego automóvel como um
dos principais fatores na origem do turismo insustentável na Serra da
Estrela. É preciso conjugar ao máximo os transportes colectivos e
formas de circulação menos poluentes, o que já acontece noutros pontos
da Europa
, conclui.

A Serra da Estrela é o principal point de escaladas de Portugal. Lá concentram-se escalada em rocha, boulderes, paredes e até escalada em gelo, no inverno.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário