O voo mais arriscado da história

0

O piloto de wingsuit italiano Uli Emanuele acaba de entrar para a história do esporte: ele realizou um dos voos mais arriscados de que se tem notícia, atravessando um “buraco” em uma formação rochosa em Lauterbrunnen, na Suíça.

No começo do mês, Uli divulgou o vídeo no qual empurra os limites do chamado proximity flying (especialidade de quem passa raspando do chão ou de outros obstáculos enquanto voa com o wingsuit). No total, ele fez o voo quatro vezes, depois de se preparar por anos para a ocasião.  “Quando vi o buraco pela primeira vez, ainda não me sentia preparado para tentar atravessá-lo. Passei três anos treinando, e agora consegui realizar o salto. Esse é o menor buraco pelo qual alguém já voou”, disse Uli, orgulhoso.

O voo de Uli está sendo considerado um novo expoente do wingsuit por pilotos renomados – o buraco na rocha tem menos de três metros de largura, o que configura risco extremo de colisão no caso de uma rajada de vento ou um movimento errado.

Respire fundo e confira o tenso vídeo:

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário