Péssimo início para 2009

0

Como seria bom desejar um feliz 2009… Mas de que forma?

Nem bem começou o ano e no Aconcagua já aparece a primeira vítima da temporada, um alemão perdeu a vida no tramo mais difícil da direta do Glaciar dos Polacos. Ao que tudo indica, as péssimas condições do tempo auxiliaram na fatalidade.

Mas o que realmente entristece a qualquer ser humano que ainda tenha um pouco de humanidade são os ataques “terroristas” que o estado de Israel emana sob território Palestino. E o mundo mais uma vez assiste a um confronte de alta tecnologia contra paus, pedras e, quiçá, conforme alega Israel, foguetes caseiros.

Sei que nada tem haver este tema com montanha, mas acho providencial sua abordagem, pois o que lemos em algumas grandes redes “impressas” não condiz nenhum pouco com a verdade.

Apesar de alguns locais da nossa imprensa passar a informação de que Israel está apenas respondendo a ataques sobre seu solo, o que existe na região na realidade são atos brutais, que atingem a população civil, incluindo mulheres, crianças e idosos, da mesma forma que Hitler fez durante a segunda guerra.

E enquanto as atrocidade ocorrem naquele canto, o mundo assiste passivamente, como que apenas admirando um novo filme, esquecendo que os atores são pessoas reais, com sofrimentos reais.

E pasmem! Para melhorar a audiência, Israel resolveu colocar no Youtube seus ataques, obviamente escondendo aqueles que mostram as principais barbáries cometidas, principalmente quando usam armamentos proibidos pelas convenções internacionais, como as armas que contêm tungstênio e fósforo. Vale lembrar que tais armas serviram de motivo para os norte americanos invadirem o Iraque.

Mas, pensando em ajudar aos que gostam das atrocidades cometidas pelos Neo Nazi Sionistas*, seguem algumas fotos…

Que os deuses das montanhas nos protejam e tragam paz a todos em 2009.

* Definição de Laerte Braga

Compartilhar

Sobre o autor

Hilton Benke - Equipe AM

Hilton Benke é um dos idealizadores do AltaMontanha.com. Dono de uma personalidade muito forte, é hoje praticante assíduo do voo livre, principalmente da modalidade "hike and fly", que une o voo com o montanhismo. Como montanhista e escalador, gastou seu tempo galgando montanhas brasileiras e andinas, além de ter prestado alguns serviços como instrutor de escalada junto ao CPM. Deixá-lo feliz é fácil: só marcar um bom pernoite em um cume da Serra do Mar Paranaense, com um bom menu para o jantar e uma condição de tempo boa para que possa decolar com seu parapente dia seguinte e realizar uma das muitas travessias sobre a Serra do Mar.

Comments are closed.