Proibição da escalada em São Luiz do Purunã?

0

Há cerca de um mês um incidente no setor 3 de São Luiz do Purunã colocou em xeque a liberdade de escalar ali e também no setor 2.

No princípio de novembro ocorreu um incidente envolvendo um escalador e o proprietário da Fazenda que dá acesso aos setores 2 e 3 de São Luiz do Purunã, que é um dos melhores points de escalada do Paraná, considerado por muitos o grande diferencial da escalada deste estado.

Um escalador, cuja identidade não foi revelada, foi visitar o setor 3 sozinho no meio da semana pedalando uma bicicleta avaliada em dez mil reais. O mesmo ao chegar no topo da escarpa, não podendo descer com a mesma pela trilha, deixou a bicicleta escondida no meio de um capão de mata, próximo à trilha que leva às vias de escalada. Ao chegar ao local na volta, ele não encontrou mais a bicicleta e foi tomar satisfação com o dono da fazenda que tomou a decisão de proibir o acesso por sua propriedade, que dá acesso tanto ao setor 2 quanto ao 3 da escarpa de São Luiz do Purunã.

Após o incidente, alguns escaladores foram barrados no local, no entanto, já houve relatos de escaladores que encontraram funcionários da fazenda e os mesmos conseguiram autorização de acesso. A dupla de escaladores Valdesir Machado e Edmilson Padilha, que estão entre os mais fortes e experientes escaladores do Brasil foram os que mais contribuíram para abrir vias na região e eles marcaram uma reunião com o dono da fazenda para reverter a situação e acabar com o clima de incerteza.

Setores 2 e 3

Existem 6 setores de escalada ao longo da escarpa arenítica de São Luiz do Purunã. Infelizmente o setor 4, o cânion da Faxina, já está proibido há bastante tempo. O Setor 5 é o famoso setor Curucaca, onde estão as vias de escalada esportivas mais famosas do Paraná. O Setor 6, mais recente e que é chamado de "ferradura" ainda tem poucas vias. Os setores 1, 2 e 3 são bastante consolidados e muito tradicionais.

O setor 2 é um dos menores da região, apesar de ter poucas vias, há algumas das mais bonitas de São Luiz, como a Por via das Dúvidas (7b) e a Dorminhoco (6a). Já o setor 3 é a meca da escalada em móvel, com 134 de vias de escalada catalogadas. Ali ficam vias como a Diedro de Isis (6sup), Fel da Terra (7a), Amarelo Ual (5a), Robin (6a), Iô-Iô (6 sup), Varejo (6a) e muito outras que ficaram famosíssimas pelo estilo arrojado de misturar a dificuldade da escalada esportiva com o uso de equipamentos móveis em fendas que garantem um uso seguro dos mesmos.

:: Atualização

Após negociação, o proprietário liberou novamente o acesso. No entanto só é permitido entrar na fazenda à pé.

Veja mais:


:: Tracklog das escaladas de São Luiz do Purunã no Rumos
 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário