Um pequeno setor cheio de…. Buíacos

0

Na Serra da Arrábida ainda existe bastante mundo por descobrir, incluindo paredes grandes, com vias de vários lances de comprimento.




Mesmo num local
aparentemente explorado no campo solitário das aberturas, como a Falésia
dos Pinheirinhos, vão surgindo de quando em vez algumas novidades,
alguns pequenos novos sectores, extraídos de uma magnifica reserva de
calcário.&nbsp,

As novas aquisições aqui
publicadas, representam três pequenas vias (uma delas com uns 45
metros!), que sulcam o seu trilho invisível através de uma placa
avermelhada,&nbsp, que
apesar de atractiva, passa facilmente desapercebida.

No dia 1 de Maio, após prévio equipamento desde o
cimo, a Daniela e eu fomos provar os novos projectos.

No centro da parede escalámos a “Buíacos”,
protegendo em friends e ocasionais plaquetes.

A abrir a “Buíacos”.
6b.

Após a via de “aquecimento”, lançamo-nos à coisa
mais magnética do sector, a grande fenda com aspecto de “Off-with”
grotesco, onde, na verdade, basta utilizar friends até ao camalot numero
3.

A
“Racha”!

Para finalizar em beleza, fui massacrar as pontas
dos dedos na “Buíaquinhos”, apenas para descobrir que mais valia ter-me
ficado pelas vitórias mais fáceis das vias anteriores.

Aqui ficam mais umas adições, nestas paredes
tranquilas e fora de circuito, onde o mar continua azul e a perder de
vista.

Paulo Roxo




Compartilhar

Sobre o autor

Daniela e Paulo - Colunistas

Daniela Teixeira e Paulo Roxo é uma dupla portuguesa que pratica escalada (rocha, gelo e mista) e alpinismo. O que mais gostam? Explorar, abrir vias! A Daniela tem cerca de 10 anos de experiência nestas andanças e o Paulo cerca de 25. A sua melhor aventura juntos foi em 2010, onde na cordilheira de Garhwal (India - Himalaias), abriram uma via nova em estilo alpino puro na face norte da montanha Ekdante (6100m) e escalaram uma montanha virgem que nomearam de Kartik (5115m), também em estilo alpino puro. Daniela foi a primeira e única portuguesa a escalar um 8000 (Cho Oyu). O Paulo é o português com mais vias abertas (mais de 600 vias abertas, entre rocha, gelo e mistas). Daniela é geóloga e Paulo faz trabalhos verticais. Eles compartilham suas experiências do velho mundo e dos Himalaias no AltaMontanha.com desde 2008. Ambos também editam o blog Rocha Podre, Pedra Dura (rppd.blogspot.com.br)

Comments are closed.