Vai iniciar a escalar?

0

Esta coluna, em particular, é para quem está querendo iniciar a escalar,(ou esteja bem no início) seja por qualquer motivo que seja o interesse.

Vai iniciar a escalar?

Ultimamente tenho estado muito em contato com pessoas que estão começando no mundo da escalada. A modalidade escolhida(tradicional, esportiva ou boulder) nada interfere no que sempre digo a quem quer se aventurar pela primeira vez em uma academia ou uma escalada de um 3º grau de via tradicional.

Iniciar a escalar é como o primeiro dia em uma escola nova. Tudo é novidade, e sempre há muitas pessoas que sabem coisas corriqueiras das quais você nunca ouviu falar e já precisa ficar sabendo. E no meio disso tudo há as lendas, mitos, sofismas e desinformadores que sobram por ai (Não só no mundo da escalada, como também em todo e qualquer lugar e em qualquer assunto).

Você que está começando a escalar e ainda nem sequer subiu pelas paredes aqui vai alguns conselhos e recados feitos por mim e alguns pelo Capitão Nascimento do BOPE

1 – Sim, vai ser difícil. Você vai se sentir incapaz de início, e sentirá que seus braços irão cair ou derreter de tanta dor muscular que vai sentir. O sentimento de frustração será enorme. Escalar, embora pareça natural, não é fácil, e o início é sempre traumático. E frustrante. Há quem se apaixone de primeiro momento, mas mesmo para estas pessoas recomendo saber que o início é duro e difícil mesmo. Não pense que subir paredes negativas, fazer vias de alta dificuldade e boulder de teto são impossíveis, pense que é uma longa estrada, e sempre deve estar escalando e se dedicando ao esporte.

2 – A sapatilha de escalada é apertada mesmo. E deve ser assim. Se quiser correr a maratona, fazer o Caminho de Santiago, andar no shopping, jogar futebol, ou até mesmo peteca compre um calçado que tenha de ser mais folgado ao seu pé. Se escolheu escalar, a sapatilha de escalada é apertada sim, e o desconforto logo fica subjetivo quando se foca em movimentar-se e encadenar uma via. Outro dia Presenciei uma primeira escalada de uma mocinha, que choramingou quando eu praticamente a obriguei a usar uma sapatilha alugada apenas um número maior que o tênis dela. Porque para os parâmetros de iniciante é muito apertada (algumas academias erroneamente sugere 3 números a mais) um número a mais. Chorou no início, mas logo depois estava habituada ao desconforto. Especialmente para mulheres que se adaptam fácil a certos desconfortos como salto alto(qual mulher que não compra um sapato que aperta, mas que combina com certo vestido), meia calça, sutiã de armação de metal, escovas, chapinhas, depilações em virinhas e etc. Agüentar uma sapatilha de escalada meio apertada é muito pequeno comparado a isso. Preocupa-se em escalar e usar o dedão do pé, para ficar andando e correndo sapatilha de escalada não foi criada.

3 – Sim a escalada faz o seu corpo ficar mais modelado, e você entrar mais em forma. A mocinha que quer verificar isso olhe a reação dos homens a cada uma das escaladoras mais experientes e que já estão em forma e arrancando suspiros (para dizer o mínimo) de cada escalador. Para chegar lá estas mesmas pessoas enfrentaram o desafio, engoliram o choro, mastigaram o medo e não ligaram para frescuras que as pessoas excessivamente urbanas tem que são : cabelos com magnésio, mãos um pouco (ou muito) calejadas, arranhões nos dedos, pés apertados, corpo suado e etc. Para tudo nesta vida há de haver sacrifícios, e somente as pessoas fracas de personalidades e espírito tem medo ou preguiça de sacrifícios. Não pense que pessoas como César Grosso, Belê, Lance Armstrong, Chris Sharma, Pelé, Michael Jordan, Daiane dos Santos, Rogério Ceni, Janine Cardoso, Gui Pádua, Teco Padaratz entro outros amanheceram e já estavam no topo. Todos deram duro, e treinaram em momentos que muitos de nós estávamos fazendo outra coisa mais prazerosa.

4 – Escalador tem de ir para a rocha também. Sei também que às vezes a vida urbana não deixa, pois alguma festa ou namorada não deixa. Mas como a escaladora catarinense Alessandra escreveu no blog dela : "..Vocês meninas, que preferem academia, não querem acompanhar seus namorados nas escaladas porque a trilha deixa a gente toda suja, tem que caminhar muito, ser picada por mosquitos e deixa mãos e unhas feias,…". Motivos que são "louváveis" e fáceis de entender (sua mãe te mimou demais). Mas saiba quem tem medinho por causa da estética uma frase da minha avó: a beleza é transitória, a experiência espiritual é para o resto de suas vidas. Você vai dizer para seus filhos e netos que deixou de fazer A ou B porque preferia ficar na frente da TV, ou porque ninguém polvilhou o chão da Falésia dos Olhos, ou não tem escada rolante no Pão de Açúcar? Você corre o perigo de se fazer papel de idiota perante seus descendentes.

5 – Os equipamentos de escalada em rocha são caros. Sim eu sei, mas ninguém precisa comprar tudo ao mesmo tempo. Compre um pouco a cada dia. Mas saiba que um verdadeiro escalador não é aquele que tem milhões de equipamentos. Muito pelo contrário. Como foi citado na semana no blog cordada infinita : "…um montanhista não é medido pelo valor de seus equipamentos e sim pela sua atitude, ética e como se vê o mundo a sua volta." Pessoalmente já convivi com alguns "escaladores" cheio de equipamentos mas sem atitude ética com a escalada, os escaladores e com a natureza.

6 – Escalar é perigoso. E sempre será perigoso, e por isso possui inúmeros procedimentos de segurança. Ou seja, quer escalar direito, faça um curso de escalada básica. É fundamental para que evite provocar algum acidente. E um acidente na escalada geralmente tem final triste. E certifique-se de fazer um curso com uma pessoa conhecida e experiente. Há pessoas que batem no peito que são experientes e escalam grau x ou y e não tem noção de procedimentos básicos de emergência. Nada, mas nada mesmo, substitui um bom curso de escalada. Claro que somente fazer curso não habilita você a se sentir escalador "top de linha". Deve sempre estar escalando para não esquecer. Tem muito "escalador" cheio de cursos mas que nunca escala. Procure sempre aprender com os melhores instrutores.

O último recado a escaladores novatos nem irei numerar. Mas recomendo a qualquer iniciante a escalada (até experiente também) que escalada não é somente ficar fazendo força para subir verticalmente, é uma filosofia de vida. E só entende isso quando se vive ela. A frase de Buda, já citada no filme matrix : Existe uma grande diferença entre saber o caminho, e andar o caminho.

Luciano Fernandes mantém o Blog da Escalada.

Compartilhar

Comments are closed.