Neve nas montanhas do Paraná e em Santa Catarina - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Evento histórico

Neve nas montanhas do Paraná e em Santa Catarina

A forte massa polar que entrou no Sul do Brasil neste começo de semana encontrou condições ideais para precipitar neve em muitas cidades do Sul do Brasil, num evento climático que não acontecia com a mesma intensidade há mais de 30 anos. As montanhas ficaram encobertas de neve.

Fonte: Redação

A forte massa polar que atingiu o sul do Brasil encontrou condições para gerar neve, não somente nas montanhas, mas também em muitas cidades que não viam neve há mais de 30 anos.

É comum algumas localidades sul brasileiras terem neve todos os anos, ou pelo menos chuva congelada. Cidades como Urupema, Urubici e São Joaquim na Serra Geral de Santa Catarina são famosos por este evento climático no inverno. No entanto, a neve que atingiu o sul do país nesta semana se espalhou por outras cidades mais baixas e em latitudes menores, como Curitiba, que não via neve desde 1975.

Neve nas montanhas

Se nevar em montanhas como o Morro da Igreja em Urubici e no Morro da Antena em Urupema são eventos que ocorrem com certa freqüência, nevar na serra do mar paranaense é raro. Em 2007 houve um evento de chuva congelada, mas fora isso não há relatos, até agora, de neve nas montanhas aonde a tradição do montanhismo remonta do século XIX. Por conta disso, a comunidade de montanha de Curitiba ficou atenta e apreensiva em encontrar neve em suas montanhas e diversos montanhistas corajosos enfrentaram o frio molhado para presenciar o fenômeno na madrugada de segunda feira, dia 23 de julho.

Foi o que fizeram Mildo Junior, Adriano “Cruel” e Frederico Costa Filho, que encararam o Morro do Araçatuba, de quase 1700 metros de altitude, na Serra da Papanduva em Tijucas do Sul, uma das montanhas mais frias do Estado por receber os ventos de Sul diretamente. O Araçatuba é um local onde no inverno é comum observar o fenômeno de “permafrost” (congelamento do solo) e muita geada.

Desta vez, o trio de montanhistas encontrou de principio, chuva congelada, mas depois de muita espera e frio de rachar, veio a neve, que se acumulou sobre os campos de altitude e ainda estava presente pela manhã.

Em Santa Catarina, além das já mencionadas montanhas da Serra Geral, montanhas da Serra do Tabuleiro e o Cambirela, que pertencem à porção mais austral da cadeia da Serra do Mar, amanheceram brancas pela manhã, podendo ser vista desde Florianópolis, foi o que relatou a leitora do AltaMontanha Diana Rosa que comentou: Estava um espetáculo, lindo!
 

Publicidade