Chilena falece no Cerro Marmolejo

0

Por causas que estão sendo investigadas, uma chilena de 46 anos perdeu a vida enquanto fazia uma excursão pelo cerro Marmolejo, montanha de 6108 metros de altitude localizada na região metropolitana de Santiago do Chile.

María Angélica Soraya González Herrera estava acompanhando um grupo com mais 4 pessoas que pretendia chegar a um glaciar localizado nesta montanha, que é a montanha com mais de 6 mil metros mais austral do mundo. De acordo com os companheiros, ela passou mal e faleceu aos 5200 metros de altitude no último dia 19.

Se presume pelos relatos que María Angélica desenvolveu um quadro de edema pulmonar, comum em grandes altitudes e muito provável dado que o grupo aparentemente não realizou uma aclimatação prévia satisfatória. Ela era casada e tinha dois filhos.

O corpo da mulher será resgatado pelo Grupo de Operações Policiais Especiais dos Carabineros de Chile. Devido às extremas condições de altitude e acesso, ainda não foi possível dar início à operação. O grupo chegará até o local onde está o corpo por trilha, mas dependendo das condições climáticas, o corpo da mulher será trasladado em helicóptero.

De acordo com o cunhado da vítima, María Angélica havia se juntado à um clube de montanha havia pouco tempo e não tinha muito experiência.
 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário