Mundial de boulder – Arco 2011

0

Cá estamos em Arco… primeiro desafio foi cumprido pela equipe brasileira… Ontem, dia 15 de julho, César Grosso, André Berezoski e Pedro Nicoloso competiram no masculino de boulder ao lado de mais 140 atletas…


Cesinha se destacou bastante fazendo um boulder à vista (grupo A), ficando na 12ª colocação entre 73 atletas de seu grupo…

Como apenas 10 atletas de cada grupo se classificaram, totalizando 20 semi-finalistas, o brazuca ficou em 27º no geral e por pouco não entrou nas semis de boulder…
Relato do atleta em : http://www.cesargrosso.wordpress.com

O Belê (grupo B) também realizou a cadena de um boulder, como ele diria a “La Anhangava” por ser um boulder técnico, de pés muuito ruins, destacando-se também no circuito. Contudo, devido à cadena na terceira tentativa, a pontuação acabou diminuindo bastante, comprometendo a colocação..
DE qualquer forma, valeu muito a vibe e a garra de todos, como sempre, empolgados em evoluir ao lado de equipes com tamanho preparo e suporte profissional.

Hoje, chegou a hora da Thais Makino e Janine Cardoso competirem em boulder.
Principalmente no terceiro desafio, onde as escaladoras tinham que realizar um dinâmico com as duas mãos, eu saí do corpo e me lancei sem medo de ser feliz… Mais algumas tentativas, eu ficava nas pequenas, mas o tempo é curto.. 5 minutos e pronto… sem mais chances de tentar o movimento aéreo…

Foi um circuito bem cansativo, mas muito divertido com boulderes variados, técnicos, aquela coisa de sempre de boulder: Força, explosão, muita escalada, competição bem ativa…

Cada uma competiu em grupos diferentes, sendo que, no geral, eu fiquei em 67ª e a Thais, com a cadena de um boulder, ficou em 60ª.

Para mim, foi uma superação, mais uma vez, competir em boulder três dias antes do campeonato de dificuldade, pois foi nesse impulso de ´aquecer-me física e psicologicamente´ que sofri uma lesão grave ao cair de mal jeito de um boulder em 2002 em uma etapa de boulder da Copa do Mundo…

Por isso, fiquei feliz em me lançar nos desafios, é sempre um grande aprendizado cada circuito de boulder… Na maioria dos boulderes, falta preparo geral para esta modalidade atuando nos lances dinâmicos e botes com mais precisão e força, bem ligada nas quedas…

O primeiro boulder foi o único que me deixou descontente, pois achei que eu tinha condições de fazer, não estava tão difícil conforme meu preparo, mas errei na leitura do movimento final…
Nos outros desafios, fiz o que pude, me escorneei na saída do último boulder, achei que era impossível para mim, até que consegui tirar os pés do chão e tentar alcançar a agarra bônus… Esse simples movimento realizado e superado, já fez meu momento… rsrs…

O destaque neste mundial de boulder, além das atletas que completaram os desafios como a americana Francesca Metcalf (que eu vi ganhar o Sulamericano no Equador em 2010) e a britânica Shauna Coxsey (empatadas em primeiro lugar na qualificatória), ficou para a atleta iraniana Negar Varsochi, que no calor de ARco, competiu de manga comprida preta e véu, mostrando que a vontade de escalar e colocar pressão supera qualquer ´detalhe´ …É tudo uma questão de ´hábito´, já que questionamentos religiosos tornam-se repetitivos diante da conquista dessas mulheres em poder estar aqui e fazer muito bonito nos boulderes…

É sempre admirável e encantador acompanhar este cenário e diversidade cultural através da escalada!

Hoje à noite teremos a cerimônia de abertura do evento, amanhã iniciam-se as provas do Paraclimbing e confesso que estou bem curiosa para acompanhar a garra desses atletas também!

No site do IFSC, dá pra conferir todo o calendário e resultados detalhados:
http://www.ifsc-climbing.org/index.php?page_name=resultservice&amp,comp=11_WM_AR&amp,cat=ICC_FB
http://www.ifsc-climbing.com, assim como assistir ao vivo o Campeonato mundial de Escalada na íntegra..

Enquanto o desafio de dificuldade não chega (dia 20), pelos próximos 2 dias praticaremos escalada em rocha pela região de ARco, cercada de pedras por todos os lados… A energia do lugar transborda escalada e montanhismo!

VAleu a vibe da galera e vamo que vamo nas vias, sempre esperando, claro, um
desempenho melhor!

Ótimas escaladas a todos e como diriam os italianos, Arrivederce!

Jan

Compartilhar

Sobre o autor

Janine Cardoso - Colunista

Janine Cardoso é a maior vencedora de campeonatos brasileiros de escalada, com 8 conquistas. Ela já participou de mundiais e também de diversas etapas de Copas do Mundo. Atualmente é atleta da The North Face.

Comments are closed.