Treinamento!

0

Após 6 dias seguidos de escalada, tive hoje, finalmente, um dia de descanso para a pele das mãos, articulações, ante-braços e por aí vai!

Felizmente, são muitos os músculos que reclamam de dores pós-treino, uma vez que a escalada trabalha o corpo todo. Mesmo assim, sentí-los doendo é uma sensação que não tem preço… (Não sou mazoquista, rsrs!!!)

A melhor maneira que indico para você (que nunca escalou) entender do que estou falando é:
´Escale!´

Muitos me perguntam sobre iniciação na escalada e métodos de treinamento.
Hoje, durante um treino de corrida na Fórmula, tentei transmitir para um colega chateado com lesões do futebol, como a escalada pode ser realmente menos perigosa do que um jogo de bola!

Apesar de achar que meu esforço em fazê-lo trocar a ´pelada´ pela escalada foi em vão, percebi, mais uma vez, que sou apaixonada por uma modalidade que encanta pela sua imagem e gera muita curiosidade, principalmente quando se fala em competição.

Saindo do beabá rumo ao campeonato mundial, expliquei a ele porque não tem sentido uma escaladora que compete frequentar uma academia que ofereça um muro vertical e com poucas vias e agarras (como o da Fórmula), uma vez que a especificidade é fundamental tratando-se de qualquer modalidade de competição.

Em contra-partida, deixei claro que para iniciar-se na escalada, uma pequena parede vertical com vias inteligentes e variadas é uma boa forma de introduzir-se e familiarizar-se com a realidade da prática e permite a evolução, principalmente se o iniciante tiver o auxílio de um instrutor experiente.

Há algum tempo escrevi um textinho que fala sobre evolução gradativa e metas que pode ser conferido no link abaixo e pode fornecer um pouco de motivação:
http://escaladanocerrado.multiply.com/journal/item/19

Aproveitando o tema apaixonante sobre ´prática esportiva´, lembramos da importância de seguir um método que minimize ao máximo as lesões.

Mesmo sendo adepta do ´No pain, no gain´, procuro ao máximo me concentrar em cada movimento e sinais do meu corpo para evitar lesões.

Seja qual for o trabalho e modalidade escolhida, é de senso comum a importância do período adequado para recuperação, tanto para articulações e tendões como para músculos… (e para a pele, no caso da escalada!)

AFinal de contas, se até a história conta que Deus criou o mundo em seis dias, descansando no sétimo, por que não seguirmos esta dica ´divina´?

NO meu caso, o ´rest day´ costuma ser abençoado por um descanso ativo com corrida de 40 minutos na esteira e alongamento enquanto minha pimpolha pratica suas atividades físicas também!

Sempre pesquisando, vou aprendendo assim a planificar meu treino (realizado conforme a realidade brasileira) preocupando-me em repôr ao organismo os nutrientes necessários na hora certa.

Atualmente, o embasamento técnico e prático de meu treino para a escalada de dificuldade segue o método de escaladores como Maja Vidmar, eslovena diversas vezes campeã da copa do mundo de dificuldade, Ramon Julian e Patxi Usobiaga, espanhóis campeões em diversas etapas da copa do mundo no masculino.

Após perguntar e conversar com estes atletas durantes minhas participações internacionais, comecei a fazer do meu corpo um laboratório, errando e acertando!

SEndo assim, nestes dois meses pré-mundial tenho mantido a teoria (e prática) da especificidade, focando a escalada para treinos indoor de dificuldade, uma vez que as competições são em muros artificiais.

Para quem quiser entender melhor sobre as diferenças entre um Campeonato Mundial, Jogos Mundiais e Copa do MUndo, visite o site do Cesinha que no dia 13 de maio publicou um texto esclarecedor.
http://cesargrosso.wordpress.com/

Aproveite para conferir o divertido vídeo de ´César Fivelinha´ em ação no Ubatuboulder 2007 e prepare-se para a versão Ubtboulder 2009 que acontecerá nos dias 11 e 12 de julho no mesmo Bat local!
http://www.ubtboulder.com/

Agradecimentos especiais ao Gui, Rodrigo, Alex, Gessner, Ricardo Contel e Rosita pelos treinos, apoios e trabalhos …
KAMON!

Boas escaladas galera!



Janine Cardoso é a atual campeã brasileira de escalada e conta com o apoio da THE NORTH FACE e da CASA DE PEDRA!

Compartilhar

Sobre o autor

Janine Cardoso - Colunista

Janine Cardoso é a maior vencedora de campeonatos brasileiros de escalada, com 8 conquistas. Ela já participou de mundiais e também de diversas etapas de Copas do Mundo. Atualmente é atleta da The North Face.

Comments are closed.