Viadutos estão abandonados há 40 anos no meio da Serra do Mar em SP

0

Viadutos têm 100 e 360 metros de extensão e cerca de 29 metros de altura. Eles faziam parte do projeto Rio-Cubatão que virou a rodovia Rio-Santos. Projeto atual prevê reutilização para novo traçado da rodovia.

Dois viadutos abandonados, após a paralisação de uma obra na década de 70 na Serra do Mar, no litoral norte de São Paulo, chamam atenção em meio à mata densa e nativa. Os viadutos têm 100 e 360 metros de extensão, respectivamente, e fariam parte do projeto da rodovia Rio-Cubatão, que mais tarde se transformou na rodovia Rio-Santos (BR-101).
 
O projeto que resultou na construção dos viadutos, feito pelo extinto Departamento Nacional de Estradas e Rodagem (Dner),  ligaria Santa Cruz, no Rio de Janeiro, passando por Ubatuba, Caraguatatuba e São Sebastião, até chegar em Cubatão, na  Baixada Santista (SP).
 
A crise do petróleo e a mudança na política de transportes do Governo Federal, na década de 1970 a 1980, fizeram com que a segunda etapa da  BR-101 sofresse alterações, incluindo a desistência da construção dos lotes que interligariam a baixada do Rio Juqueriquerê, próximo ao Porto Novo em Caraguatatubaà Praia do Camburi, em São Sebastião – essa ligação incluiria os trechos onde estão os viadutos.
 
A crise econômica decorrente à crise do Petróleo comprometeu a obra e os viadutos foram abandonados. Como o projeto não foi concluído, na época o governo fez um novo projeto mais modesto, optando por interligar apenas os trecho já construídos da Rio-Santos, margeando o litoral. A preços de agosto de 1987 foram gastos US$ 59,6 milhões, correspondente a 53% da obra prevista, de um valor contratual de US$ 112,6 milhões.
 
Novo traçado da BR 101
 
Um novo traçado na rodovia BR 101 está desviando o transito da estrada que passa na beira mar para o interior. O novo percurso irá atraver a serra de Juqueriquerê. Mesmo há 40 anos abandonados, os técnicos do Dnit não descartam a utilização destes viadutos.  "A crescente e intensa procura turística pelas praias do Litoral Norte Paulista e Sul Fluminense, exigirão obras de melhorias e adequação de capacidade operacional da Rio-Santos", diz trecho da nota enviado pelo departamento.
 
A nota diz ainda que os viadutos que estão abandonados na Serra do Juqueriquerê integram o anteprojeto da antiga via expressa Mogi-Salesópolis-litoral, elaborado pelo DER/SP. "Futuramente, será necessária a construção desta rodovia, aproveitando o projeto", completou a nota. 
 
A obra que deveria estar pronto em setembro de 2015 ainda não foi entregue. Tomadas completamente pela floresta após 40 anos de abandono, pontes por enquanto fazem parte de um cenário onde a natureza venceu a ganância do homem.
 
 
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário