Como Escolher uma Corda de Escalada - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Cordas e usos

Como Escolher uma Corda de Escalada


Categoria: Equipamentos

Existe uma variedade imensa de cordas simples de escaladas. Qual delas se adapta ao seu uso e que corda escolher para sua escalada? Veja as dicas de Levi Rodrigues para você escolher uma corda simples.

Por Levi Rodrigues

Quer comprar sua corda de escalada e não sabe por onde começar?

Existem vários tipos de cordas, como as cordas duplas e gêmeas, mas neste artigo irei tratar do tipo mais comum de corda, a simples.



Simbologia para os diferentes tipos de corda, da esquerda para direita, corda dupla, simples e gêmea. As cordas simples são aquelas que não precisam de um par e por isso são mais utilizadas.

Escaladores costumam ter uma relação muito pessoal com suas cordas, quase neuróticas para dizer a verdade - E não é por falta de motivos, afinal são as cordas que “salvam” nossas vidas a cada queda.

Por isso, quando vamos comprar uma nova corda (ou a primeira corda), somos apresentados a várias características (ou não, isso depende do perfil da loja) e nos sentimos em dúvida sobre qual escolher.

Não se engane: Escolher uma corda não é uma tarefa simples, tão pouco rápida. Escolha uma loja que possua um bom atendimento e a partir daí sugiro algumas perguntas simples que poderão instigar mais seu senso crítico (e de análise) na hora de comprar sua corda.

Mas a maioria das dúvidas pode ser tirada na própria etiqueta da corda, como no modelo abaixo.
 


Pergunta: Essa corda é certificada pela UIAA (União Internacional das Associações de Alpinismo)?

Normalmente a resposta será sim! Mas podemos conferir essa informação na etiqueta que acompanha a corda.

Uma corda certificada pela UIAA garante que o produto passou por uma série de testes severos, garantindo que o produto é apto a atividade designada, vale lembrar que não nunca ouvi falar de uma ruptura em corda por erro de fabricação.

Caso queira conferir se realmente a corda foi fabricada conforme as normas da UIAA e se o fabricante esta devidamente homologada, acesse esse link e abra o arquivo PDF referente a cordas dinâmicas (Dynamic Ropes).

Pergunta: Quantas quedas suportam a corda e qual sua força de impacto?

A quantidade de quedas explicita na etiqueta que acompanha a corda, diz que esse produto teste, referente a esse modelo, suportou X quedas em um teste onde se prende um peso de 80Kgf à ponta de um pedaço de corda com 2,80m simulando uma queda várias vezes consecutivas até que a corda arrebente.

Para uma corda ser aprovada pela UIAA ela precisa suportar no mínimo 5 quedas.

Já a Força de impacto diz o impacto máximo atingido também pelo padrão de 80 Kg, Nesse teste, uma corda de 2,8 metros é atada a um dinamômetro e o corpo sofre uma queda de 4,8 metros (fator de queda da ordem de 1,71).

O dinamômetro registra assim a carga máxima de impacto da queda.

Pergunta: Qual o diâmetro da corda e seu tamanho?

A corda mais comum é a de 10,5mm, mas podemos encontrar cordas a partir de 9mm até 11mm ou mais.

Esses valores são muito importantes na hora de analisar a relação entre a resistência a abrasão, facilidade na hora da segurança o peso.

Uma corda mais fina como a de 9mm geralmente é usada em alpinismo ou como single rope e seria muita mais difícil na hora de travar a queda com aparelhos tipo ATC, além de ter uma capa mais fina, consequemente uma vida útil menor. Já cordas mais grossas do que 10,5mm são indicadas para usos em escaladas mais longas, tipo Big Wall que tendem a ter um desgaste muito maior das cordas, é claro, tendo também o inconveniente do peso maior e também da dificuldade e liberar a corda no aparelho de segurança.

Quanto ao tamanho é importante analisar o tipo de via a ser escalada e a região onde se escala. No Brasil e na maior parte do mundo as paradas são feitas a cada 25m, ou seja, antes de chegar no meio de uma corda de 60m já estamos na parada, por isso talvez a indicação de uma corda de 60m seja melhor do que uma de 50m.

Pergunta: Qual o deslizamento da capa?

Nem sempre essa informação pode ser encontrada nas etiquetas, mas entendamos que quanto menor o deslizamento entre a capa e a alma da corda, melhor será esse produto.

Pergunta: Qual a elasticidade da corda?

A elasticidade de uma corda pode ser vista por dois parâmetros. Quanto maior a elasticidade, maior sua capacidade de absorção de impacto, consequentemente uma corda com maior elasticidade tende a ter uma durabilidade menor. Esse valor normalmente varia de 5 a 9% dependendo do diâmetro e do tipo da corda.

Finalmente o preço. Será que aquela muito mais barata é a melhor.

Uma corda não é um item barato, principalmente no Brasil onde os custos de importação passam dos 100%, mas se você achar uma mesma corda muito mais barata em uma loja do que em outras. Desconfie!

Uma informação que não costuma aparecer nas etiquetas e nem é mencionada pelos vendedores e o ano de fabricação da corda. Essa informação pode ser encontrada por um fio colorido que fica dentro da alma e alguns fabricantes garantem uma vida útil de 5 anos (usando ou não) outras como as Cordas da Beal dão um pouco mais.

Como já citei acima, nunca ouvi falar de casos de ruptura de cordas, mas não custa comprar uma corda que foi fabricada o mais recente possível.

Lembrete: Possuir uma corda de escalada não o autoriza a sair escalando por aí, sem o devido conhecimento. Se você ainda não fez uma curso, faça!

Aprenda a usar sua corda corretamente e boas escaladas!


 




Publicidade:


Publicidade

Publicidade