Ano olímpico começa com Escalada de Velocidade no Rio de Janeiro

1

Depois de três anos dos Jogos Rio 2016, a atmosfera olímpica voltou. Em 12 de janeiro, atletas da Escalada de Velocidade, uma das modalidades que irá estrear nos Jogos de Tóquio 2020, abrem o calendário de competições do ano olímpico. O evento organizado pela X3M Brasil será no Caminho Niemeyer, em Niterói, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, com entrada gratuita.

Cesar Grosso na prova de velocidade.

Entre atletas estrangeiros e nacionais, já estão confirmados Cesar Grosso, primeiro do ranking nacional, e, o caçula da competição, Lucca Macedo, de 17 anos. O sobrenome conhecido entre os escaladores não é coincidência. Lucca herdou o gosto de escalar da mãe Camila (Macedo), top1 no ranking nacional, também confirmada na Escalada de Velocidade. A niteroiense Luana Riscado, que ocupa a terceira posição no Brasil, completa a lista de atletas nacionais na competição.

Camila Macedo praticando boulder.

Presença de atletas pré-olímpicos

De fora, virão Aleksandra Kalucka, da Polônia, que ficou em quinto lugar no mundial e, no momento, está classificada para o pré-olímpico de Toulouse; as russas Mariia Krasavina, que ficou em sexto no mundial, e Elizaveta Ivanova. No masculino, um dos nomes favoritos da competição, líder do ranking mundial e atual campeão europeu de velocidade, o russo Vladislav Deulin. Também da Rússia, está confirmado Stanislav Kokorin, ouro na Copa do Mundo em 2010, o atleta ficou com o bronze no mundial disputado no Japão, em agosto deste ano. O terceiro nome é do ucraniano Kostiantyn Pavlenko; e, fechando a lista que estará em Niterói dia 12 de janeiro, Danny Valencya, equatoriano primeiro lugar panamericano da modalidade.

“Estamos empolgados e honrados de realizar a maior competição de escalada de velocidade do Brasil. Um esporte dinâmico, belo e emocionante que merecia um projeto sensacional! Nosso objetivo é ajudar a fomentar a modalidade que ainda é desconhecida pela população mostrando que é acessível a todos”, afirma Bernardo Fonseca, CEO da X3M Brasil.

Luana Riscado atleta brasileira.

Para a realização da disputa será instalado um paredão de 15 metros ao lado do Teatro Popular, tendo como pano de fundo a Baía de Guanabara. A

Escalada de Velocidade tem patrocínio do Bradesco, Rexona, Piracanjuba, Hoteis.com e Prefeitura de Niterói.

Sobre a X3M

A X3M foi fundada por Bernardo Fonseca há 15 anos com o propósito de fazer do esporte a principal plataforma de comunicação, engajamento e experiência. Inovação, ousadia e adrenalina são os elementos do DNA X3M. Para isso, abriu o portfólio da empresa com o XTERRA Brazil, o maior festival de esportes off-road do planeta, com inúmeras etapas por todo o Brasil. Em 2019, realizou a corrida mundial beneficente Wings For Life World Run, no Rio de Janeiro. Também é responsável pela organização e comunicação da Uphill Marathon, maior e mais cobiçada maratona de subida do país, e do Desafio Mano a Mano, que já trouxe o fenômeno Usain Bolt para correr na praia de Copacabana e sob o lago da Quinta da Boa Vista. Inovando mais uma vez, a X3M uniu a paixão brasileira pelo futebol ao esporte mais praticado no país: a corrida. Com o Nação Rubro-Negra em Movimento, a empresa realizou duas edições do evento no Maracanã e, no final de 2019, organizou a Final Fun Fest, batendo recorde brasileiro em public viewing dentro de um estádio com a transmissão ao vivo da final da Libertadores, também no Maracanã.

 

SERVIÇO

Escalada de Velocidade

Quando: treino (11/01/20) | competição (12/01/20)

Onde: Teatro Popular, no Caminho Niemeyer

(Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói – RJ)

Entrada gratuita

 

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

1 comentário

  1. Pingback: Ano olímpico começa com Escalada de Velocidade no Rio de… | O Povo de Sepetiba

Deixe seu comentário