As misteriosas montanhas: As Pedras do Elefante

0

A imagem de uma montanha com a silhueta perfeita de um elefante viralizou nas redes sociais nas últimas semanas. Porém, esse lugar não existe no mundo real. Essa pedra do elefante é fruto da imaginação e criatividade do artista polonês Is Mirek.

A Montanha do Elefante de Is Mirek

O artista trabalha com montagem fotográfica e gosta da temática de montanhas com animais. Inspirado nesses elementos da natureza, ele também criou a Turtle Island e a Camel Castle, entre outras obras.

Camel Castle e Turtle Island

As verdadeiras montanhas

Apesar da montanha criada por Is Mirek não existir, há muitas montanhas mundo a fora que lembram imagens de animais. Entre elas é comum encontrar rochas que se assemelham a elefantes.

Na ilha de Heimaey, na Islândia esta localizado uma das mais impressionantes. Eventualmente é possível ver um elefante tomando água dependendo do ângulo que é observada. Mas o que mais surpreende é a textura da rocha que se assemelha a pele do animal também.

Pedra do Elefante na Islândia.

O Auto do Mourão em Niterói também é conhecido com a Pedra do Elefante.

O Brasil também possui alguns elefantes petrificados. Um dos mais famosos e procurados por trekkers é a Pedra do Elefante, localizada entre Niterói e Maricá no Rio de Janeiro. Dessa forma, essa montanha faz parte do Parque Estadual da Serra da Tiririca.

Nova Venécia no Espírito Santo é um município repleto de monólitos. Um desses afloramentos rochosos também se chama Pedra do Elefante. Embora esteja dentro de uma APA (Área de Proteção Ambiental) ela pode ser visitada através de um trekking.

Nova Venécia no Espírito Santo.

Em Andradas, Minas Gerais, a Pedra do Elefante é conhecida por suas escaladas clássicas. Ainda é possível ouvir uma lenda local, que conta que havia um enorme diamante cor de rosa no lugar onde esta localizado o olho do animal. Mas essa pedra desapareceu da noite para o dia ficando apenas o buraco.

Pedra do Elefante em Andradas.

Mas porque tantos elefantes?

Ter inúmeras Pedras do Elefante espalhadas por ai não é falta de criatividade entre as pessoas que nomearam essas montanhas. Provavelmente elas nem se conheciam. Isso pode ser justificado pela pareidolia.

Esse é o nome de um fenômeno psicológico que todos os seres humanos apresentam. A pareidolia faz com que as pessoas reconheçam imagens de rostos humanos ou animais em objetos, sombras, nuvens e montanhas.

Apesar de todas as pessoas apresentarem a pareidolia, esse é um fenômeno individual, ou seja, uma pessoa pode não ver a mesma coisa que a outra.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário