Dormindo em (alta) montanha

1

Acampamento no Aconcágua

Dicas para quem nunca acampou numa alta montanha. Como é passar uma noite numa montanha com frio?

Quando comecei a praticar montanhismo, nos idos dos anos 90, achava que existia barraca térmica que mantivesse a temperatura mais elevada e assim pudéssemos ter noites agradáveis em locais frios, muitas vezes até mesmo com neve. No entanto isso não existe.

Então já começo este texto com um balde de água, ou melhor, de ar frio! Que é o que você vai encontrar nas noites geladas na montanha. O que proporciona calor e mantém você aquecido na montanha vai ser seu saco de dormir.

Acampamento no Cerro Plata após nevasca.

Aqui mesmo no AltaMontanha temos um artigo específico tratando dos sacos de dormir, por isso não repetirei as informações contidas lá. No entanto, apenas reafirmo sua importância e saliento que verifique se a temperatura de conforto do seu equipamento está adequada à temperatura que irá enfrentar na montanha. Esqueça a temperatura limite, pois ela é apenas uma referência. Se você pegar a temperatura limite de seu saco de dormir, pode ter certeza que será uma noite horrível.  E se pegar uma temperatura abaixo do limite poderá até mesmo ter hipotermia.

Outra coisa importante é o isolante térmico. O isolante fica embaixo do saco de dormir e ele isola a temperatura que vem do chão. Como seu peso comprime o saco de dormir, a base sempre perde temperatura. Quanto mais grosso o isolante melhor, porém mais difícil de carregar. Há os isolantes infláveis, que ocupam pouco volume, mas podem furar. Para eles também é bom ter um isolante de EVA fininho apenas para proteger. Apenas por precaução.

Os isolantes são também colchonetes, por isso se você optar por ter um isolante de cédula fechada em conjunto com um isolante inflável e terá bastante conforto em sua noite.

Com que roupa dormir dentro do saco de dormir?

Essa pergunta é comum para quem nunca acampou num lugar muito frio. Os fabricantes de saco de dormir nunca passaram norma alguma dizendo que tipo de roupa usar. O fato é que você precisa de algo confortável e ao mesmo tempo que o espaço dentro do saco de dormir fique com um ar aquecido por seu corpo.

Um dos principais equipamentos de altitude é o saco de dormir.

O melhor isolante térmico que existe é o ar e isso é um fato. É por isso que sacos de dormir para baixas temperaturas são grossos, para ter uma camada de ar entre os seus tecidos. O ar dentro do saco de dormir também isola e por isso, se você ficar muito apertado lá dentro, ficará mais próximo das paredes e passará mais frio, pois perderá temperatura para o ambiente externo.

Por este motivo a roupa de segunda pele acaba sendo a melhor opção para você usar dentro do saco de dormir. Esta camada de roupas é bem colada à pele, não ocupa muito volume e segura a temperatura de seu corpo. Como o tecido é geralmente aveludado e confortável, acaba sendo um “pijama” ideal.

Em ambientes extremos podemos usar roupas grossas. No Himalaia, onde escalamos com macacões de pluma de ganso, que é quase um saco de dormir de corpo, a gente nem precisa usar um saco de dormir muito parrudo, no entanto ele precisa ser bem grande e folgado.

Se quiser saber de uma forma mais prática, confira o início deste vídeo:

Meias e gorros

É importante aquecer a cabeça e os pés.

As meias para dormir são vestimentas onde você pode exagerar. Os pés são locais onde se perde temperatura muito fácil, assim como a cabeça e os riscos de congelamento são maiores. Por isso, em lugares frios, durma com uma meia térmica, de preferência uma meia de merino e tenha sempre um gorro na cabeça. Caso ainda sinta os pés gelados, você pode enrolar a sua jaqueta de pluma em volta deles por fora do saco de dormir. Isso ajudará a manter o calor com um dos poucos recursos que você tem disponível.

Aquecedores químicos

Uma boa opção para aquecer suas noites são os aquecedores químicos. A ideia é que ele ajude a aquecer aquela camada de ar interna do seu saco de dormir. A preferência é colocar ele perto dos pés, que é uma extremidade longe da abertura do saco de dormir, onde haverá menor perda de temperatura e onde você sente mais frio.

Condensação

Este é um fenômeno que acontece com frequência em locais frios. Se quiser se aprofundar e saber como acontece a condensação em barracas, temos um artigo especial sobre este assunto. Condensação é algo real e por mais que pareça uma contradição, é melhor às vezes deixar a barraca entreaberta do que totalmente fechada a fim de evitar este fenômeno desagradável.

Local da barraca

De sempre preferência para montar a sua barraca em locais mais protegidos do vento. Nas montanhas mais famosas esses locais para o acampamento já são pré-determinados e bastante conhecidos por esse motivo. Como é o caso do acampamento Hoyada no Cerro Plata, que fica em uma depressão em forma de “panela”, e reduz bastante a intensidade do vento.

Acampamento protegido do vento.

Por ultimo é preciso salientar que as pessoas são diferentes umas das outras. Há gente friorenta e gente que não tem tanto problema com frio. Por isso é importante que você conheça a si mesmo para saber se é necessário exagerar ou não nos equipamentos. Sacos de dormir, e roupas de frio pesam. Conhecer você mesmo pode acarretar em levar menos volume e peso de equipamentos para sua aventura.

Compartilhar

Sobre o autor

Pedro Hauck - Equipe AM

Pedro Hauck é montanhista e escalador desde 1998. Natural de Itatiba -SP, reside atualmente em Curitiba-PR. Pedro gosta de escaladas clássicas e também de montanhismo de altitude, já tendo escalado algumas das mais altas dos Andes. É geógrafo, mestre em Geografia Física e atualmente faz doutorado em Geologia ambiental. Visite o Blog de Pedro em www.pedrohauck.net. Siga ele no Instagram @pehauck

1 comentário

  1. Avatar
    Fernando Eiji Ono em

    Excelente artigo parabéns. Com certeza vou usar esse conhecimento na minha próxima compra de equipo, uso um saco de dormir muito justo atualmente e agora entendi o motivo pelo qual tenho passado frio 🙁
    Abraços

Deixe seu comentário