Nepal proíbe embalagens descartáveis no Everest a partir de 2020

0

Everest, a montanha mais alta do mundo.

Não é de hoje que o descarte incorreto de lixo nas montanhas vem chamando a atenção. Mas em alguns lugares a situação esta cada vez mais crítica. Após a polêmica da superlotação no Everest, as autoridades nepalesas estão criando novas regras para dar mais segurança as pessoas e proteger a montanha.

Nessa semana a prefeitura de Khumbu Pasang Lham, onde esta o Monte Everest, anunciou a proibição de embalagens  de plástico em toda a região. Essa é a montanha mais popular do Nepal e recebe cerca de 50 mil turistas por ano. Tanto de escaladores que tentam chegar até o seu topo quando de pessoas que querem apenas fazer o trekking até o Acampamento Base do Everest.

Base do Everest

A partir de janeiro de 2020 as embalagens com menos de 0,03 milímetros de espessura serão proibidas. Garrafas, canudos, pacotes e sacolas são os principais alvos dessa medida. Mas também esta na lista embalagens de comida por exemplo. “Se começarmos agora, ajudaremos a manter limpa em longo prazo a nossa região, o Everest e outras montanhas”, afirmou à Ganesh Ghimire.

Há seis anos, é cobrada uma taxa de 4.000 dólares de cada equipe de escaladores que tentam subir a montanha. Esse valor pode ser recuperado caso cada um dos escaladores do grupo traga consigo oito quilos de lixo, mas infelizmente só metade deles faz isso.

Neste ano, o governo do Nepal recolheu cerca de 11 toneladas de lixo no Everest. Uma equipe de voluntários conseguiu recuperar outras três toneladas de sobras.

Os sacos de lixo foram levados para Katmandu para reciclagem. Navesh Chitrakar Reuters

Não é possível prever se a medida de proibir plásticos descartáveis irá ajudar. Em 1999 uma medida semelhante foi implantada, mas não funcionou como esperado. Dessa vez ainda não foram definidas as punições e multas para quem desrespeitar a medida.”Trabalharemos com a administração local, as empresas de montanhismo e a Associação de Montanhismo do Nepal para fazer com que a proibição seja cumprida”, completou Ghimire.

Projeto Visite o Nepal

O turismo é uma importante fonte de renda para o povo que mora próximo as montanhas no Nepal. Por isso, há um projeto do governo do país para incentivar o turismo na região e aumentar ainda mais o número de visitantes.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário