Significado de Loucura segundo o Montanhismo

1

Algum tempo depois de começar o montanhismo, decidi que queria aprender a escalar, entender o que eu estava fazendo tecnicamente, o porquê dos equipamentos, os nomes, as funções de cada um e não simplesmente me prender em uma corda e subir.

Assim, em junho de 2018, fiz o curso básico de escalada em rocha na cidade de Pedra Bela, interior de São Paulo com o montanhista e escalador Pedro Hauck;

O que eu mais ouvi dos conhecidos e da minha própria família foi: você é louca.

Segundo o dicionário Aurélio, loucura significa: “Alienação mental; Insensatez; imprudência; Extravagância; Doidice, ato descontrolado ou irrefletido.”

Não há escaladores com essas características, mesmo porque a técnica tem que ser perfeita. Um erro, uma loucura coloca a sua vida em risco. E uma coisa que os escaladores gostam muito é de viver!

Se me acham louca por viver “mato adentro” subindo pedra, acampada, carregando mochilas pesadas, aprendendo a escalar, não frequentando shopping e nem salão de beleza, eu acho louco quem se priva de suas vontades. Louco é quem abre mão de seus sonhos, louco é aquele que não busca a auto realização.

Loucura é ter uma vida vazia sem nunca arriscar-se, loucura é deixa-se vencer pelo medo. Loucura é não voltar atrás, não tentar de novo, não assumir que errou e corrigir. “Louco é quem me diz e não é feliz, não é feliz. Eu sou feliz”

Texto de Marise Cestari

Compartilhar

Sobre o autor

Marise Cestari

Marise Cestari é médica neurologista e aventureira. Começou sua vida de aventura no Caminho de Santiago, onde descobriu que o trekking é uma terapia para o corpo e a alma. Desde então não parou mais, já tendo realizando diversos trekkings e ascensões nos Andes e Venezuela, inclusive curso de escalada em rocha.

1 comentário

Deixe seu comentário