Resultados da busca: Ferraria (65)

Colunistas
Refazendo a História do Ferraria
Por

Esta leitura revela detalhes importantes de como era feita a marcha de aproximação do Pico Paraná; caminhada mínima de 25 quilômetros. Por isto uma escalada para aquelas bandas exigia quatro dias, pois o retorno era feito por Cacatú (porto fluvial), com serviço regular de barco de passageiros. Uma vez em Antonina, havia a opção de trem ou do ônibus, pelo Expresso Azul.

Colunistas
A Crista do Ferraria
Por

A chuva só conseguiu adiar o dia do enfrentamento com a crista do Ferraria e o excelentíssimo Paulo Marinho passou a semana seguinte com um olho na previsão do tempo e todos os outros sentidos fazendo pressão para encarar o desafio. Tanto perturbou que no sábado, 23 de junho de 2007 as 4:30 da madrugada, novamente partimos com o “Land Celta” para o Bairro Alto – Antonina. Agora estávamos em quatro, eu, o Paulo, o Moisés e o Elcio que iria enfrentar a crista pela terceira vez, com pequenas mochilas carregando o estritamente necessário para o ataque. Nem pensar em pernoitar. Duas horas depois encontramos a fazenda tomada por um imenso acampamento de “Desbravadores”, a versão evangélica dos escoteiros, com suas imensas barracas de praia e gincanas noturnas. Passamos batido por tudo isso e o amanhecer já nos encontrou no meio da mata. Da ponte de troncos acompanhamos o Rio Cotia, passamos pelas piscinas de águas límpidas e pouco depois fazíamos o desjejum nas lajes do Disco-Porto com Ibitirati de um lado e o Ferraria do outro. A manhã estava magnífica com um céu muito azul e um vento fortíssimo que varria a mata a intervalos irregulares.

Aventuras
A Conquista do Ferraria
Por

Relato da conquista do Ferraria em março de 1950, pelos já míticos Stamm, Becker, Gavião e Nabor narrada pelo próprio Herbert Becker (Dr.Mendes) e publicada pelo Vita na Gazeta do Povo de 21 de junho de 1997.
O Pico Ferraria é uma montanha de 1745 metros de altitude na Serra do Ibitiraquire, Paraná, cuja rota clássica se inicia na centenária Picada do Cristóvão (Trilha de mulas para Cacatú) e percorre a face norte da montanha. Atualmente o acesso mais usual parte da fazenda Pico Paraná pelo Morro do Getúlio e percorre as encostas do Caratuva até atingir os três cumes do Taipabuçu pela trilha aberta em meados dos anos 90 por Julio Cesar Fiori, Paulo Marinho, José Pioli e Elcio Douglas escalando a face oeste.

1 2 3 7