Aos Andes, e avante…

0

Esta noite a estrada nos espera. A quase 3000 km daqui reencontraremos algumas das mais belas e famosas montanhas andinas.


O projeto (se é que existe um projeto) foi escrito pelo Beto. Sairemos sem rumo certo, sem pressa e sem obrigações, apenas com o objetivo de escalar algumas montanhas que acabamos deixando de escalar no passado.

Quanto vamos gastar?

Pouco, muito pouco. Não porque somos econômicos, mas porque a verba esta curta mesmo. Creio que eu mesmo, se estivesse em meu juízo perfeito, não embarcaria nesta viagem com o que tenho no bolso hoje. Gastar pouco não será opção, mas obrigação.

Para onde vamos?

Nossos planos são inicialmente simples, montanhas fáceis e bem conhecidas, mas guardamos um último objetivo que é muito digno de respeito, pelos maiores alpinistas do Brasil. Mas, como ainda não sabemos se a conseguiremos escalar, é melhor deixarmos para falar depois, não?

Quem vai?

Além de mim e do Beto Joly, alguns amigos que não possuem a pretensão de escalar as montanhas, apenas conhecer os acampamentos base e, se possível, subir uma ou outra.

Por que vamos?

Porque nossas vidas são contadas nas montanhas. Porque quando lá chegamos, sabemos quem somos e porque existimos. Porque é inevitável que procuremos novamente as montanhas, pois elas nos chamam…

Quando voltamos?

Em agosto, mas mandaremos notícias…

Compartilhar

Sobre o autor

Hilton Benke - Equipe AM

Hilton Benke é um dos idealizadores do AltaMontanha.com. Dono de uma personalidade muito forte, é hoje praticante assíduo do voo livre, principalmente da modalidade "hike and fly", que une o voo com o montanhismo. Como montanhista e escalador, gastou seu tempo galgando montanhas brasileiras e andinas, além de ter prestado alguns serviços como instrutor de escalada junto ao CPM. Deixá-lo feliz é fácil: só marcar um bom pernoite em um cume da Serra do Mar Paranaense, com um bom menu para o jantar e uma condição de tempo boa para que possa decolar com seu parapente dia seguinte e realizar uma das muitas travessias sobre a Serra do Mar.

Comments are closed.