Avião desaparecido na Serra de Guaratuba é encontrado sem sobreviventes

0

O avião Beechcraft B55 Baron que desapareceu na Serra de Guaratuba, no norte de Santa Catarina, foi localizado em 04/06, um dia após sumir do radar. Viajavam nele Antônio Augusto Castro, como passageiro, e Geraldo Claudio de Assis Lima, o piloto. Infelizmente, os dois tripulantes não sobreviveram.

Avião em meio à mata. Foto: Corpo de Bombeiros Militar.

 

 

Os destroços da aeronave desaparecida foram encontrados com a ajuda de um avião do Serviço de Busca e Salvamento (SAR) da Aeronáutica Brasileira que sobrevoou o local, e seus tripulantes conseguiram avistar fumaça em meio à mata fechada. O local é de difícil acesso, mas os corpos foram retirados pela equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Instituto Médico Legal.

Informações iniciais apontam que os dois corpos foram encontrados carbonizados. Todavia, ainda não se sabe o motivo da queda, que deverá ser apurado nos próximos dias.

Os dois homens decolaram de Governador Valadares, em Minas Gerais, com destino a Florianópolis, em Santa Catarina. No entanto, durante o trajeto, o piloto se comunicou com o aeródromo de Joinville, onde tentou pousar e arremeteu. Ao subir novamente e ir em direção às montanhas, acabou desaparecendo.

Local do acidente.

 

A equipe Alta Montanha se solidariza com os familiares e amigos das vítimas.

 

 

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário