Escaladora Lillian Chao-Quinlan completa 50 anos escalando 50 vias acima de nono grau

0

A ex-professora e atual diretora da academia Sportrock, Lillian Chao-Quinlan, concluiu seu projeto nesse último mês. Ela completou 50 anos e atingiu seu objetivo pessoal de subir 50 vias na faixa de 5.13, o equivalente ao nono grau no Brasil.

Lillian Chao-Quinlan no desfiladeiro de Red River – Foto: Scott Hailstone.

Chao-Quilan começou a escalar relativamente tarde, com 30 anos, e se apaixonou pelo esporte. A escaladora sempre foi meticulosa e anotava todos os seus feitos. Um mês antes de completar 50 anos ela ainda tinha 43 vias de 5.13 e estava escalando menos que o normal devido a uma lesão. Foi quando decidiu viajar para Kalymnos, na Grécia com o marido.

Sem se cobrar mas com persistência, Lillian conclui seu projeto.

“Eu disse a mim mesmo: não seja orientada a resultados, apenas orientada a processos, faça o treinamento e veja o que acontece. Seja grato por poder ser saudável”, diz ela. “E então, nas duas primeiras semanas em que estivemos na Grécia, fomos a novos lugares. E realmente me mantive fiel ao meu compromisso de apenas me divertir. Eu entrei nas linhas de 5.12 por cerca de duas semanas. Não estava com vontade de insistir”, revelou.

Na terceira semana da viagem, Chao-Quinlan entrou em uma via de 5.13 recomendada por um amigo. Ela a livrou em duas tentativas. Foi quando ela percebeu que poderia completar seu projeto durante a viagem. Dentro de uma semana, ela havia mandado mais três, incluindo um 5.13d, o grau mais difícil que ela fez até hoje. Ao final da viagem, ela contava com nove vias de 5.13, elevando seu total de 50 para 52 linhas.

Além do marcante número de 52 vias de 5.13, Chao-Quinlan mandou 436 vias de 5.12 (oitavo grau brasileiro) e centenas de linhas em outras graduações durante sua vida na escalada. Ela ainda se diz apaixonada pelo escalada e não pretende aposentar as suas sapatilhas, mas que seu foco mudou. “Eu acho que com a idade vem essa apreciação ainda maior. Número um, você é saudável, e o número dois, você pode escalar com força”.

Veja mais sobre a escaladora em Rock and Ice.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário