IFSC anuncia Copa do Mundo de Escalada ainda em 2020

0

A Federação Internacional de Escalada Esportiva (IFSC) anunciou, em 26/06, as novas datas para as competições da Copa do Mundo de Escalada 2020. Entretanto, as competições deverão seguir novas regras de segurança e prevenção contra o Coronavírus e não terão pontuação. No decorrer do segundo semestre serão realizados seis eventos da Copa do Mundo de Escalada, sendo um na Europa, um na América e quatro na Ásia (três deles na China).

Escalaremos o mundo novamente! Esse é o lema da IFSC ao anunciar as novas datas.

As competições de Braiçon na França que estavam marcadas originalmente para os dias 18 e 19 de julho foram transferidas para os dias 21 a 22 de agosto. Essa será a primeira prova e servirá como teste para o Adendo às Regras do IFSC a ser usado durante a pandemia do COVID-19.  Assim, esse adendo é um documento elaborado por um grupo da IFSC com diretrizes sobre higiene, distanciamento social e uso de dispositivos de proteção individual durante as competições de escalada esportiva.

Adam Ondra comemorando durante competição.

De acordo com a IFSC nenhuma pontuação para Ranking Mundial e para o Ranking da Copa do Mundo 2020 será atribuída aos participantes  devido a possibilidade de haver restrições de viagem em algumas áreas do mundo que impediriam a participação de alguns atletas. Assim, também não serão distribuídos troféus.

Confira as novas datas da Copa do Mundo de Escalada:

  • Briançon (FRA) de 21 a 22 de agosto: Lead
  • Salt Lake City (EUA), de 11 a 13 de setembro: Boulder e Speed
  • Seul (KOR) de 7 a 11 de outubro: Boulder, Lead e Speed ​​

Datas a confirmar:

  • Chongqing (CHN) de 23 a 25 de outubro: Boulder e Speed
  • Wujiang (CHN) de 30 de outubro a 1 de novembro: Boulder e Speed
  • Xiamen (CHN) de 4 a 6 de dezembro: Lead e Speed

Prova de Speep

“Vi uma força de vontade extraordinária para seguir em frente em vários organizadores. Estamos cientes das dificuldades, dos desafios e da incerteza. No entanto, o mundo precisa de uma mensagem de esperança”, disse o presidente da IFCS Marco Scolaris. “A saúde e a segurança de nossos atletas, oficiais, funcionários e voluntários sempre serão nossa principal prioridade, mas, olhando a paixão que vive em Briançon, hoje estamos confiantes de que, juntamente com a FFME e em total conformidade com as leis e regulamentos franceses, será capaz de oferecer uma boa competição. Confiamos que o mesmo possa acontecer em breve em outros países”, finalizou Scolaris.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário