Trilheiro promete fazer fogo em montanha e ameaça quem tentar impedir

6

Um usuário do Facebook afirmou em um grupo público que vai fazer fogueira no feriado de páscoa na montanha Monte Crista, em Santa Catarina, e garante que ninguém irá impedi-lo.

A discussão começou em um grupo do Facebook, num vídeo em que alguns voluntários da Brigada de Incêndio da FEPAM orientam alguns trilheiros do perigo que uma fogueira pode trazer à vegetação de uma montanha, e logo em seguida, todos juntos apagam a fogueira, demonstrando respeito e educação.

Porém, sendo extremamente grosseiro, o cidadão em um comentário afirma que “…fosse minha fogueira ninguém apagaria não…”

Logo depois ao ser inquirido onde faria a fogueira, o incendiário alerta que fará a fogueira no “Monte crista, na Páscoa” para depois, mais uma vez de forma grosseira, “falar que irá chegar as vias de fato em quem tentar impedir”.

Trilheiro afirma que ninguém vai apagar a fogueira dele não...

Trilheiro afirma que ninguém vai apagar a fogueira dele não…

A conversa está pública no grupo Trilhas do Paraná e você conferir aqui: https://www.facebook.com/100001285930661/videos/4094280703958087/

Nota: A pressão que os montanhistas fizeram sobre o incendiário, fez quem este se arrependesse e apagasse o post. Esperamos que apague também esse desrespeito pelas montanhas e pelo meio ambiente, que apague essa ideia medíocre de impor a vontade por meio da força e que ajude a apagar eventuais incêndios que venham a ocorrer nas montanhas.
Nós ocultamos o nome e a foto do indivíduo porque acreditamos na educação como forma de solucionar os problemas e não na violência, seja ela física ou digital. Ainda assim preservamos os prints dos posts, para eventuais dúvidas que podem surgir acerca da matéria aqui exposta.

Fogueira em montanha não é legal!

Nas regiões montanhosas do Sul e Sudeste brasileiro, os cumes são compostos por vegetação rasteira que queima muito fácil, principalmente quando está em período seco.

Quando se faz uma fogueira, por maior cuidado que se tenha, é difícil controlar as chamas, e é comum que pequenas brasas e fagulhas escapem. E aí que está o problema, pois basta uma pequena fagulha para tornar o topo de uma montanha inteiro num grande incêndio, que destrói a flora e a fauna local.

Além disso, a lenha utilizada nas fogueiras em montanhas são arrancadas da vegetação local, para queimar. Os topos de montanha possuem vegetação extremamente frágil e escassa, leva de anos à décadas para se recompor…

Não é legal e não é gentil com a natureza do local e muito menos com os demais usuários e montanhistas. Deixemos as fogueiras para longe dos topos de montanha.

Assim, pedimos apoio tanto dos montanhistas quanto da Polícia Militar e Força Verde para que respondam esses incendiários à altura, protegendo o meio ambiente e as pessoas que frequentam e respeitam as montanhas!

O incêndio no Caratuva

Compartilhar

Sobre o autor

Hilton Benke é um dos idealizadores do AltaMontanha.com. Dono de uma personalidade muito forte, é hoje praticante assíduo do voo livre, principalmente da modalidade "hike and fly", que une o voo com o montanhismo. Como montanhista e escalador, gastou seu tempo galgando montanhas brasileiras e andinas, além de ter prestado alguns serviços como instrutor de escalada junto ao CPM. Deixá-lo feliz é fácil: só marcar um bom pernoite em um cume da Serra do Mar Paranaense, com um bom menu para o jantar e uma condição de tempo boa para que possa decolar com seu parapente dia seguinte e realizar uma das muitas travessias sobre a Serra do Mar.

6 Comentários

  1. Getulio Rainer Vogetta em

    A Mantiqueira ardeu em vários pontos no ano passado e por meses a fio, e em pelo menos uma situação a causa identificada do incêndio foi uma fogueira que fugiu do controle. Uma serra devastada pelo fogo é uma das cenas mais tristes que um montanhista pode ter gravada em suas retinas. Lugar de fogueira, definitivamente, não é nas montanhas.

  2. Henrique Paulo schmidlin em

    A trajetória do Benke e admirável e exemplar,pois ao abraçar o Montanhismo, também o conduziu ao voo livre, super atuante, exibiu competência comercial ao suprir as essas atividades, com a melhor loja das melhores marcas para essas práticas,e ainda ao criar o mais importante veículo de comunicação chamado Alta Montanha. Sua emprpsa íntegra as maiores competências técnicas além de guias

  3. Não sou xiita quanto a fogueiras, dá para fazer com segurança sim… Presenciei alguns incêndios na Serra Geral de SC, foram todos propositais, ou seja, queimadas. É uma antiga tradição dos agricultores, não sei exatamente o benefício que pode trazer, uma vez que sequer há plantações nas áreas queimadas. Periodicamente, repetem o processo, em regiões de vegetação rasteira. A lenha usada em fogueiras precisa estar seca, apenas galhos mortos servem, são coletados soltos no chão.

    • Hilton Benke - Equipe AM em

      Opa Eduardo, também não sou xiita. Curto fazer uma roda de fogueira, mas em locais onde isso seja possível. Topo de montanha não é pra isso. A vegetação rasteira e seca da região dos cumes montanhosos no sul e sudeste Brasileiro é um barril de pólvora à espera de alguma faísca para causar um dano ambiental gigantesco…

Deixe seu comentário