X-Rio 2020! Resultados da prova de Hike and Fly do Rio de Janeiro

0

Essa matéria foi publicada originalmente no site Hike and Fly por Leandro Montoya

A segunda edição do X-Rio, competição esportiva que combina as modalidades de corrida de montanha e parapente, aconteceu no último sábado, 07 de novembro, na praia de São Conrado, no Rio de Janeiro e reuniu atletas do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e até representantes do Japão e França.

Largada oficial

As provas de (caminhada e voo) já são tradicionais na Europa. A mais antiga, o Red Bull X-Alps, teve sua primeira edição em 2001 e reúne em média 30 montanhistas e pilotos de várias nacionalidades para uma corrida de 10 dias e 800km sobre os Alpes. Outras provas de referência global são o X-Pyr, que cruza os Pirineus e o Eigertour, que percorre os abrigos de montanha da emblemática montanha de mesmo nome.

O Brasil apresenta um cenário embrionário, em 2019 aconteceram 3 provas: X-Pedra em Atibaia-SP, Festival Outdor em Tijucas do Sul-PR e o X-Rio 2019, na cidade maravilhosa, com uma média de 20 participantes por prova.

O circuito do X-Rio 2020 foi composto por três locais de decolagem: a Pedra da Gávea, a Pedra Bonita e a Rampa oficial do Clube de Voo livre de São Conrado, mais dois pontos de passagem, ou turnpoints, que podiam ser cumpridos caminhando ou voando: o Hotel Nacional, próximo ao Morro Dois Irmãos, e o Pier da Barra da Tijuca. A largada e linha final aconteceram no pouso oficial de voo livre, na praia de São Conrado.

Em primeiro plano o Hotel Nacional, um dos turnpoints do Xrio 2020

Cada participante pôde escolher seu próprio percurso, desde que cumprindo todas as decolagens e pontos de passagem. Segundo os organizadores, Gui Pádua e Odilon Jr. “Dfly”, esse modelo trouxe mais diversão aos atletas:

– Cada atleta pôde escolher sua tática, por exemplo, largar e ir direto para a Pedra da Gávea para vencer os quase 850m de desnível caminhando enquanto ainda estava descansado, ou escolher subir para as decolagens mais baixas e apostar na condição de voo favorável para chegar na Gávea voando. – Disse Gui Pádua.

Os atletas percorreram caminhando, em média, 25km com desnível acumulado de +2.000m e  voaram 15km. Os primeiros colocados terminaram a prova com o tempo aproximado de 6h.

A final foi emocionante entre Leandro “Montoya”, 40, de São Paulo e Aurélien Baumann, 36, dos Pirineus: Cada um fez um percurso diferente durante a prova, mas decolaram para o último voo praticamente ao mesmo tempo, Montoya decolou da Rampa Oficial enquanto Aurélien decolava da Pedra da Gávea.

Após ambos passarem voando sobre o Hotel Nacional, Montoya estava a frente na reta do voo final, mas Aurélien o surpreendeu fazendo um pouso audacioso e preciso exatamente na linha de chegada enquanto Montoya vinha correndo desde o pouso oficial. Durante a surpresa, Montoya acabou assinado a folha de chegada antes do Aurélien e ficou com o título. O Terceiro lugar ficou com Yuichi Maeno, 36, de Yamaguchi, Japão, também residente do Rio de Janeiro.

– Tecnicamente foi um empate, apenas tive sorte de assinar a folha primeiro! – Disse Montoya durante a premiação.

Aurélien fez um pouso preciso na praça da linha final!

Montoya vinha corredo do Pouso oficial que ficava alguns metros a frente a linha final.

Aurelien e Montoya logo após a chegada.

Embora com apenas 7 participantes, número baixo comparado às outras edições, o evento foi considerado um sucesso pelos organizadores Gui Pádua e Odilon Jr. “Dfly” :

– Esse foi um ano difícil por causa da pandemia, mas estamos muito contentes de ter conseguido realizar a prova. Queremos criar uma tradição, trazer sempre os melhores montanhistas e pilotos para o Rio e fazer essa festa bonita!

Primeiros colocados X-Rio 2020

1st – Leandro Montoya
2nd – Aurelien Baumann
3rd – Yuichi Maeno

Demais participantes:

Marco Antônio de Paraisópolis-MG
Lucas Porto de Alfredo Chaves-ES
Rodrigo Santos de Guarulhos-SP
Gui Pádua do Rio de Janeiro-RJ

Confira mais imagens:

Lucas, Marco, Yuichi, Indiana, Aurélien, Montoya, Gui Pádua, Rodrigo, André (organização), Odilon Dfly (Organizador), Rodrigo (organizador)

Marco e Yuichi na Pedra da Gávea

 

Aurélien se preparando para pousar na praia após passar sobre o Pier da Barra

Montoya na carrasqueira, trecho mais difícil da subida para Pedra da Gávea, durante o X-Rio 2020.

Pouso de Aurélien na linha final.

Rodrigo Santos e Lucas Porto assinam a folha de chegada!

Praia de São Conrado visto logo após decolagem da Pedra da Gávea, durante o X-Rio 2020

Competidores se preparando para a largada.

Gui Pádua na Pedra Bonita no X-Rio 2020

Aurélien e sua filha cumprimentam Yuichi, terceiro colocado, logo após o pouso.

Rodrigo Santos com a Família no X-Rio 2020

Yuichi decolando da Pedra da Gávea no X-Rio 2020

A Corrida final entre Aurélien e Montoya

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário