Desafio no Anhangava: 1052 metros de escalada em apenas 4h e 53 minutos - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Big 1000 2017

Desafio no Anhangava: 1052 metros de escalada em apenas 4h e 53 minutos

Valdesir Machado e Edemilson Padilha mostram porque são considerados uma das melhores duplas de escaladores do momento. Participando do Big 1000 no Morro do Anhangava, eles conseguiram superar mil metros de escalada em tempo recorde.

Fonte: Redação

O desafio Big 1000 surgiu em 2013 por conta de uma brincadeira na internet promovida por Rafael Kozechen pelo Programa “Na Mochila”. No começo a ideia era escalar diversas vias de forma que a soma de suas extensões totalizasse 500 metros. Como o desafio ficou fácil, ele foi dobrado. Escalar diversas vias que cheguem a 1000 metros de escalada não é uma coisa fácil.
 
As dificuldades começam pela geomorfologia do morro do Anhangava. Diferente dos locais de escalada tradicionais Brasil afora, o “morro” na verdade é uma montanha composta por diversas paredes isoladas, que são chamadas de setores. Apesar do Anhangava ser uma montanha, ter clima de montanha, aproximação por trilha e bastante vegetação, ele não tem paredes grandes, sendo que as maiores vias não têm mais que 100 metros.
 
Escalar 1000 metros de parede no Anhangava significa tecer uma boa estratégia, pois é necessário sair de um setor a outro, o que nem sempre é muito rápido e perto. O que significa ser necessário tirar as sapatilhas, calçar tênis, optar por cordas duplas ou simples e ter ou não que usar mochilas. Sair das vias de escalada e caminhar por trilhas.
 
Não é a primeira vez que alguém completa este desafio. Na realidade ele já foi feito diversas vezes, o que faz desta brincadeira algo já tradicional. A premiada dupla de escaladores Edemilson Padilha e Valdesir Machado já era detentora do “título” de ter escalado estes mil metros mais rápido no ano passado. No entanto, com a experiência de terem completado o desafio diversas vezes eles chegaram ao número atual: 1052 metros em apenas 4 horas e 52 minutos. Veja abaixo o depoimento de Edemilson Padilha sobre seu feito:
 
“Hoje quando clareou o dia, chegamos na base das paredes no Morro do Anhangava, Quatro Barras, PR. A nossa intenção era fazer o Big 1000, que consiste na escalada de 1000 metros, sem repetir, com ambos escalando todas as vias. Estabelecemos uma estratégia que previa passar pelos setores mais frequentados bem cedo para não pegar tráfego e depois partir para o Setor Campo das Panelas, onde estão as vias mais longas. A rocha estava boa e o clima perfeito, com vento gelado que não nos fazia ferver o radiador. Deu tudo certo e fizemos um tempo que nem nós esperávamos, apenas 4h 52min. Valeu parceiro Val”
 
 
VEJA MAIS:
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade