Como escolher uma sapatilha de escalada

0

Este artigo é focado para iniciantes que querem comprar uma sapatilha de escalada.

Uma sapatilha de escalada não é um calçado comum. Ao provar uma, não espere sair andando pela loja com uma no pé. Espere ao invés disso ter dificuldade para calçar e desconforto ao usar, principalmente se você é novato e não está acostumado.

Pedro Hauck escalando em Salinas. Foto de Tacio Philip.

Escalo desde 1998, dou cursos de escalada desde 2008 e de desde 2013 sou sócio de uma loja de equipamentos de montanhismo, onde vendemos diversas marcas. Estou mais do que acostumado receber pessoas que estão começando colocar uma sapatilha no pé e achar que precisa de uma de pelo menos um ou dois números maior, tamanho é o desconforto ao calçar uma sapatilha de escalada.

Escaladores não são exatamente masoquistas, porém a sensação de desconforto é ocasionada pelo fato que, para termos melhor precisão, os dedos do pé ficam curvados (foto abaixo). O motivo disso é que somente nesta posição você consegue sustentar seu peso em pequenas agarras durante uma escalada. Ou seja, a precisão da sapatilha depende deste inconveniente. A boa notícia, no entanto, é que com o passar do tempo você se acostuma com o pé desta forma. Outra é que a sapatilha laceia, ou seja ela se molda de acordo com o formato de seu pé.

Como ficam os dedos dentro de uma sapatilha de escalada. Fonte: http://meiduzmato.blogspot.com

Sapatilha de escalada: Devo comprar um número maior?

De nenhuma maneira você deve comprar uma sapatilha de escalada um número maior que seu pé.

Já cansei de ver gente comprar sapatilha no número correto, depois reclamar de dores no pé e trocarem por uma um ou dois números maior e após alguns usos voltar para comprar a sapatilha no número correto.

Pessoas que querem sapatilhas muito precisas, por outro lado, costumam comprar sapatilhas um número menor. Eu mesmo uso uma sapatilha assim e não reclamo de dores no pé. Aliás, se você consegue ficar com uma sapatilha apertada, sorte sua, pois não são todos que podem, pois há pés em formatos diferentes e alguns tipos sempre terão dificuldades.

De maneira geral, no entanto, o ideal é comprar uma sapatilha de escalada no exato número que você calça.

Tipos de pé e sapatilhas de escalada

Existem vários tipos de pés, isso é fato. Em termos gerais, podemos seguir a classificação dada pelos tipos de dedos que inclusive dizem um pouco sobre nossas ascendências. Este tipo de classificação pode ser resumido em três tipos gerais: O Pé Grego, Pé Egípcio e Pé quadrado.

Tipos de pé. Da esquerda para direita, Pé Egípcio, Pé Grego e Pé Quadrado (ou romano): Pé . Fonte Vix.com

O Pé Egípcio é aquele que o dedão é o maior dedo e os seguintes são progressivamente menores. Menos comum que o grego, ele ocorre em cerca de 30% da população.

O Pé Grego é aquele em que segundo dedo é maior que o dedão e os demais são progressivamente menores. O ortopedista explica que esse tipo é tipicamente ocidental e, por isso, o mais comum entre os brasileiros.

O Pé Quadrado é aquele que têm os dedos, principalmente os primeiros, de tamanhos muito parecidos. Mais raro, só 10% da população têm esse tipo de pé, que também pode ser chamado de romano.

Com base na imagem acima e na descrição adivinhe quem tem mais dificuldade em calçar uma sapatilha de escalada? Sim, quem tem o pé Grego, que é a maioria dos brasileiros, infelizmente.

Quem tem este tipo de pé é amaldiçoado e não tem o que fazer: Vai sofrer com uma sapatilha de escalada no pé.

Os demais tipos de pé são muito bem adaptáveis e se você é um deles, que sorte! Não terá muitos problemas. Felizmente sou um deles, por isso fico com uma sapatilha um número menos por horas a fio!

Sapatilhas de cadarço, velcro e elástico: Qual é melhor?

Não há diferenças técnicas entre os sistemas de ajuste das sapatilhas. A indústria criou uma imagem que a sapatilha de cadarço é menos técnica e mais confortável, enquanto que as demais são mais precisas e esportivas. Essa visão não é uma verdade, hoje há sapatilhas super esportivas de cadarço, assim como sapatilhas confortáveis para paredes longas de velcro.

O que diz se uma sapatilha é para uma finalidade ou outra é seu formato e não seu sistema de ajuste. Porém o tipo de ajuste pode melhor seu conforto. Pés gordinhos e com formato chato tendem a ser melhor ajustados em sapatilhas de cadarço, enquanto quem tem pé fino e alongado fica melhor em sapatilhas de velcro. Sapatilhas de elástico são boas para quem pé romano e dedos curvos, o pé perfeito para a escalada.

Vários tipos de sapatilhas de escalada. Foto Loja AltaMontanha

Joanetes e unhas encravadas

As joanetes são deformações nos pés ocasionadas pelo uso contínuo de calçados apertados e desconfortáveis, como por exemplo salto e também sapatilhas de escalada. Se você tem, há maneiras de tratar. Sugiro o excelente artigo do site Minuto Saudável que faz uma dissertação sobre o assunto.

As unhas encravadas também são um problema para quem escalada. Como recomendação é recomendável fazer uma consulta com um médico para que este problema seja resolvida através de uma simples intervenção cirúrgica. Podólogas experientes podem ajudar a fazer uma  “manutenção” e evitar que a pele cresça ao lado da unha. Muita gente acaba perdendo uma temporada boa de escalada por não ter cuidado de seus pés.

Tanto um quanto outro problema é muito recorrente em quem escala e infelizmente a sapatilha só irá piorar a situação, por isso quem sofre com isso precisa ser atento para prevenir.

Afinal qual sapatilha escolher?

Muitos já querem ser diretos ao assunto e fazem esta pergunta.

Esclareço que a escolha da sapatilha depende de muitos fatores, como sua experiência, seus objetivos, quanto você tem disponível a investir e seu gosto, afinal há a disposição muitos produtos que se encaixarão de acordo com as especificações técnicas que você deseja e ainda com seu gosto pessoal, ou  seja, aquela sapata que você acha mais bonita.

Sapatilha Snake Resilience

Para ser mais objetivo, se você é iniciante, treina em ginásio e escala algumas vezes na rocha, você não precisa investir muito, pois nesta etapa de sua vida na parede, tendo uma sapatilha melhor ou pior não vai delimitar se você irá escalar mais ou não, mas sim seu psicológico e sua forma física.

Uma sapatilha idel para este primeiro momento é a Snake Resilience, tida como uma modelo de entrada é uma sapatilha de escalada barata que vai te ajudar muito a ganhar experiência para galgar sonhos maiores.

Com o passar do tempo a gama de sapatilhas aumenta e aí você poderá com sua evolução definir que tipo de escalada irá praticar e assim escolher uma sapatilha mais técnica de acordo com seu objetivo.

Veja mais:

:: Compre sapatilha de escalada – Loja AltaMontanha

Compartilhar

Sobre o autor

Pedro Hauck - Equipe AM

Pedro Hauck é montanhista e escalador desde 1998. Natural de Itatiba -SP, reside atualmente em Curitiba-PR. Pedro gosta de escaladas clássicas e também de montanhismo de altitude, já tendo escalado algumas das mais altas dos Andes. É geógrafo, mestre em Geografia Física e atualmente faz doutorado em Geologia ambiental. Visite o Blog de Pedro em www.pedrohauck.net

Deixe seu comentário